Linha 4

Publicidade

Cascavel: Lei que proíbe fogos de artifício com estampido começa a vigorar em 23 de Janeiro

Redação Tarobá News

Mesmo entrando em vigor a partir de janeiro de 2022, autoridades de Cascavel pedem consciência da população ao soltar fogos de artifício neste final de ano. Fiscalizações serão feitas pelas autoridades competentes.  

O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, sancionou em 28 de julho a lei que proíbe a soltura de fogos de artifícios com altos estampidos na cidade. A lei é de autoria dos vereadores Serginho Ribeiro (PDT) e Policial Madril (PSC) e prevê que qualquer artefato pirotécnico que cause poluição sonora acima de 85 decibéis seja proibido. A lei tem um prazo para entrar em vigor, de 180 dias a partir da publicação, portanto passa a valer após as festas de Natal e Ano Novo.

Em entrevista aos jornalistas Edson Morais e Giulianne Kuiava, no Jornal Tarobá Segunda Edição, o vereador Serginho Ribeiro destacou que a lei beneficia as pessoas com sensibilidades e os animais que sofrem com os estampidos.

Serginho Ribeiro lembrou, ainda, que a festa de abertura do Natal da Vida, em Cascavel, que teve a presença de cerca de 40 mil pessoas, não teve a soltura de fogos. Para o vereador, o poder público está dando o exemplo, e a população deve fazer o movimento de empatia nestas festas que se aproximam.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.