Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Com Bike Legal, vendedores ambulantes profissionalizam seus empreendimentos em Cascavel

29/06/23 às 09:28 - Escrito por Assessoria
siga o Tarobá News no Google News!

Como uma bicicleta pode tornar um sonho realidade? A fórmula está no programa Bike Legal, que oferece as chamadas bikes trucks para que ambulantes possam utilizar o veículo como espaço de comercialização para seus negócios e impulsionar as vendas. Com isso, os empreendedores conseguem se manter como os próprios patrões e de forma regularizada. Atualmente, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico tem 48 bicicletas com vendedores, o dobro de quando o programa começou em 2018. 


O Bike Legal foi criado para promover a regularização de ambulantes da região central da cidade, mas o Programa já  foi ampliado. Isso porque as atividades estão sendo descentralizadas, uma vez que vendedores da Avenida Tancredo Neves e em frente ao Cisop também já receberam as bicicletas. O próximo passo será atuar nos territórios. 


Para ter acesso ao programa, o empreendedor precisa apresentar documentação pessoal, comprovante de residência ,comprovação de renda e qual a mercadoria deseja comercializar. Os documentos devem ser levados na Semdec, que fica anexa ao Centro de Convenções e Eventos, na Rua Fortunato bebber, nº 987, esquina com a Avenida Rocha Pombo. A fila hoje tem 5 empreendedores. A preferência é para pessoas acima de 55 anos ou desempregados sem qualificação profissional, pessoas com deficiência e aposentados com renda até 2 salários mínimos. 

Leia mais:

Imagem de destaque
ACIDENTE FATAL

Família de homem que morreu em acidente com caminhão pede justiça

Imagem de destaque
EM LONDRINA

Arraiá da Tia Maria leva comidas típicas e entretenimento na zona norte

Imagem de destaque
PASSOU POR CIRURGIA

Policial militar é atropelado por motorista embriagado em Arapongas

Imagem de destaque
CONJUNTO MARIA CELINA

Ciclista fica ferida após ser atingido por carro na zona norte de Londrina


Quando existe a desistência de algum vendedor, geralmente por querer ampliar o negócio, a bike passa para o próximo requerente. O equipamento passa por uma manutenção e retorna às atividades. 

O Bike Legal visa padronizar e oferecer novas oportunidades de trabalho para os ambulantes de Cascavel. Pelo programa, os beneficiados recebem as bicicletas que vêm junto com uma estrutura que pode abrigar os produtos que serão vendidos. Hoje, há comércios de acessórios em geral, presentes, flores, artesanatos, raspadinhas de gelo, doces, sanduíches e outros. 


Todos os ambulantes que participam do programa têm alvará e termo de licenciamento. Trabalham legalizados, podem ficar com as  bikes por um período de três anos renováveis por mais três e devem pagar uma taxa simbólica de duas UFMs  (Unidade Fiscal do Município) pela utilização anual do equipamento, além de duas UFMs pelo espaço público.


Segundo o coordenador do programa, Cláudio Amaral, o projeto já beneficiou muitos cascavelenses. "Já passaram pelo Bike Legal mais de 80 ambulante. Assim é o Programa Bike Legal, transformando o sonho do próprio negócio em realidade. Assim é Cascavel que cuida do macro negócio sem descuidar do Microempreendedor.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá