Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento apresenta nova sede no Tecnocentro

31/03/22 às 07:21 - Escrito por Redação Tarobá News
Foto: Emerson Dias - N.Com -

Nesta quarta-feira (30), a Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento (CTD) realizou a apresentação de sua nova sede, que fica no Tecnocentro de Londrina. Desde a semana passada, a CTD está executando a mudança para o espaço, após ter desocupado a sede anterior, localizada na Rua Cristiano Machado, 332.

A previsão é que a instalação do órgão no Tecnocentro seja concluída durante o mês de abril, com a inauguração oficial. Além do presidente da CTD, Luciano Kühl, compareceram à apresentação o vice-prefeito João Mendonça; os presidentes do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan, e da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), Marcelo Cortez; e os secretários municipais de Governo, Alex Canziani; de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada; do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos; de Saúde, Felippe Machado; de Defesa Social, Pedro Ramos e de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes. Também participou o diretor de Operações da Londrina Iluminação, Alexander Fermino.

O presidente da CTD, Luciano Kühl, explicou que, além de utilizar o espaço para o desenvolvimento de tecnologias da área de GovTech, incluindo ferramentas de software e soluções tecnológicas para governos e smart cities, a Companhia também será responsável pelo gerenciamento do Tecnocentro. “A Codel fez a cessão desse espaço para a CTD no ano passado e seremos uma empresa-âncora do Tecnocentro, que também vai congregar outras empresas e startups de tecnologia, sendo um ponto-chave do ecossistema de inovação de Londrina e do Paraná. Tudo isso faz parte de um plano de ação elaborado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (SETI), e vamos seguir essas diretrizes para que todas as governanças da área de inovação de Londrina avancem dentro do que está planejado”, disse.

De acordo com o presidente da Codel, Bruno Ubiratan, a CTD é uma organização estratégica para a cidade, e tem o potencial de produzir soluções inovadoras tanto para Londrina quanto para outros municípios, também contribuindo para a consolidação do Tecnocentro. “O Tecnocentro era uma obra inacabada havia quase 20 anos, e que agora nós finalmente estamos conseguindo entregar, e é muito positivo que a CTD faça parte dessa ação. Esse novo centro será muito importante para Londrina, contando com startups, laboratórios e aceleradoras, e vai ajudar a cidade a desenvolver cada vez mais a sua vocação para a área de inovação e tecnologia, trazendo bons frutos no futuro”, salientou.

O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, afirmou que a união entre a CTD e o Tecnocentro é muito importante para Londrina, e ressaltou que a construção do Tecnocentro é fruto de muito trabalho e planejamento. “Estamos muito felizes por ter concluído essa obra, que envolveu recursos próprios do Município e também teve apoio do Governo Estadual. Nos empenhamos muito para a realização do Tecnocentro, tendo acompanhado cada etapa desse processo, e temos certeza de que esse grande polo de inovação proporcionará importantes avanços tecnológicos e econômicos para a cidade”, pontuou.

Tecnocentro – Localizado no Parque Tecnológico Francisco Sciarra, na região leste, o Tecnocentro tem área total de 3.150 m² e é destinado a sediar entidades e empresas atuantes nos campos de tecnologia e inovação. A construção do espaço teve início em 2002, mas sofreu várias interrupções até que, em 2015, as obras pararam totalmente. Somente em dezembro de 2019 ocorreu o retorno das atividades, com a liberação de recursos.

Concluídas em setembro de 2021, as obras receberam investimentos totais de R$ 2.915.132,35 oriundos do Município e Governo do Estado, por meio do Paranacidade.

A proposta é que o Tecnocentro seja a sede do Ecossistema de Inovação de Londrina, abrigando incubadoras, aceleradoras, coworkings e hackathons, além de parcerias com fundos de investimentos.

No pavimento térreo, o edifício conta com Laboratório de Alimentos, módulos menores para laboratórios e empresas, recepção, auditório, escritórios, sanitários, salas de reunião, cozinha e copa, praça de alimentação, arquivo e administração. Já no pavimento superior, o Tecnocentro possui laboratório, sala de reuniões, recepção, áreas destinadas para empresas e sanitários. E na área externa, estacionamento, áreas técnicas para equipamentos e guarita.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá