Linha 4

Publicidade

Comunidades doam alimentos em Cornélio Procópio neste sábado

Redação Tarobá News

Integrantes de 22 comunidades do MST, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, do norte pioneiro paranaense doam neste sábado (18) mais de 10 toneladas de alimentos a famílias da periferia de Cornélio Procópio. A ação busca amenizar o avanço acelerado da pobreza em meio a pandemia de Covid-19. O MST mobiliza iniciativas de solidariedade em todo o país e também no Paraná, desde o início da pandemia. Neste sábado (18), agricultores e agricultoras

A ação tem início às 9h, com uma benção dos alimentos realizada pelo Bispo Dom Manoel João Francisco, na Paróquia São Francisco de Assis, localizada na Vila Nossa Senhora Aparecida. Em seguida, as entregas serão feitas na Vila Santa Terezinha, Jardim Progresso, Vila Nova, Desfavelamento Ayrton Senna e Jardim Figueira. A coordenação busca cumprir todas as medidas de segurança como uso de máscara, álcool gel e distanciamento físico.

As sacolas que serão distribuídas a mais de 600 famílias vão carregadas de arroz, feijão, mandioca, abóbora, abacate, limão, maracujá, mamão, banana, tomate e hortaliças. Parte dos alimentos é produzida sem uso de venenos e a partir de relações justas de trabalho e comercialização. Tudo foi colhido de lavouras e hortas de famílias Sem Terra.

“Nós estamos nessa campanha ajudando nossos irmãos, companheiros e companheiras das cidades, principalmente das periferias, diante dessa pandemia que está tirando muitas vidas e deixando muita gente desempregada”, explica o agricultor Juvencio Rosa de Ramos, morador do Assentamento Paulo Freire, de São Jerônimo da Serra. Em todo o Paraná, 248 toneladas de alimentos frescos e industrializados em cooperativas do movimento já foram partilhados.

(com assessoria)

COMENTÁRIOS

Publicidade