Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Convênio de viabilidade técnica do anel viário será assinado hoje em Cascavel

07/06/24 às 12:50 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Representantes da Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) se reúnem nesta sexta-feira (7), para assinatura de uma Carta de Interesse demonstrando a disposição das instituições para a elaboração dos estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA) do Anel Viário de Cascavel.


A obra tem como objetivo criar uma conexão com o contorno Oeste (BR-163) já existente, a partir da BR-277, dando continuidade no desvio do adensamento urbano do município de Cascavel. 


O conjunto de estudos a serem desenvolvidos no EVTEA levantam os benefícios diretos e indiretos decorrentes dos investimentos para implantação de nova infraestrutura, por meio de coleta de dados em campo e de fontes especializadas. Além disso, no EVTEA verifica-se os índices de viabilidade das opções de traçado estudadas, se os benefícios justificam os custos com os projetos e execução das obras previstas. 

Leia mais:

Imagem de destaque
EMBRIAGUEZ AO VOLANTE

Motorista que matou ciclista em Marialva é denunciado pelo MPPR

Imagem de destaque
REGIÃO CENTRAL

Polícia Civil descobre plantação de maconha em residência em Ibiporã

Imagem de destaque
ENTENDA

Postos de combustíveis apresentam aumento no preço do etanol

Imagem de destaque
50 KM/H

CMTU instala radares de velocidade na trincheira da Avenida Leste Oeste


Para esta parceria, a Itaipu participará como financiadora e o Parque Tecnológico Itaipu terá a responsabilidade de executar o estudo, por meio de contratações e estudos técnicos. Já o DNIT terá como responsabilidade a apreciação do estudo desenvolvido por ser o órgão responsável por planejamento de infraestruturas de rodovias federais. Sendo viável, o trecho poderá constar no sistema nacional de viação para o planejamento de sua execução no longo prazo.


Logística

O trecho da BR-277 que passa pela área urbana de Cascavel tem trânsito intenso, sendo considerado um dos grandes gargalos da rodovia, pois há um enorme fluxo de caminhões, vindos das mais diversas regiões do Brasil, Argentina e Paraguai, além do tráfego urbano do município, uma vez que a BR-277 divide a cidade. 


Com a implementação do Anel Viário de Cascavel, será possível promover equilíbrio entre veículos de cargas e de passageiros de forma a eliminar o gargalo existente no trecho, melhorando o fluxo do trânsito de forma mais continuada na BR-277 e com a devida segurança, minimizando riscos de acidentes e melhorando a capacidade logística da região.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá