Linha 4

Publicidade

Cornélio Procópio decide abrir comércio contrariando decreto do estado

Ticianna Mujalli

O comércio de Cornélio Procópio abriu as portas nesta segunda-feira (06) normalmente. Segundo a Associação Comercial e Industrial da cidade o decreto que está sendo respeitado é o municipal, publicado no dia 14 de abril, que permite a abertura dos estabelecimento, mas em horário reduzido, das 10 às 16h. A decisão de abrir foi tomada em uma reunião no último sábado que reuniu empresários, integrantes da ACECP e comerciantes.

“Esse decreto está em vigor a mais de setenta dias. Entendemos que esse decreto tem sido eficaz no controle da pandemia até porque nossos índices melhoraram muito. Estamos hoje com 28 casos de Covid-19 em nossa cidade”, aponta o diretor da associação.

O decreto do governo do estado publicado na última terça e que entrou em vigor na quarta, impõe multa

Há receio de multa para abertura e funcionamento de estabelecimentos e serviços econômicos tidos como não essenciais. Segundo a determinação, a medida foi tomada em mais de 130 cidades como uma tentativa de frear o avanço da Covid-19. Esses locais, que estão centralizados em quatro regionais de saúde, de acordo com o governo, tem números altos da doença. Cornélio Procópio, por exemplo acumula 263 casos confirmados do novo coronavírus, 24 em investigação e 15 mortes pela doença. Outras 201 estão em monitoramento.

“Temos que trabalhar em conjunto para preservar vidas, mas também para preservar a atividade econômica”, apontou o diretor da ACEP, que também é secretário de Desenvolvimento Econômico de Cornélio Procópio.

COMENTÁRIOS

Publicidade