Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Doação de órgãos: jovens receberam nova chance com transplante de fígado

23/09/22 às 13:22 - Escrito por Redação Tarobá News

Setembro é o mês de conscientização para a doação de órgãos. A transformação que esse ato de amor traz pra vida de quem recebe a doação é enorme. Nós conhecemos a história de duas jovens que ganharam uma nova chance de viver, e para que isso aconteça, existe um trabalho muito importante dos profissionais que atuam na abordagem das famílias e na orientação para a doação quando perdem um ente querido.


As duas jovens tem a mesma idade, 20 anos e também tiveram o mesmo problema de saúde: hepatite auto-imune. Elas precisaram de transplante de fígado e ambas conseguiram doadores compatíveis. As duas tiveram sucesso no procedimento, os dois casos foram tratados no mesmo hospital, na Uopeccan, em Cascavel. Elas ganharam a vida pela segunda vez,  e foram juntas para a consulta de rotina. Cinara mora em Foz do Iguaçu e Carol há poucos quilômetros dela, no Paraguai. Se conheceram pela internet, conectadas pelas coincidências.


Até o diagnóstico foram dias de ansiedade. E sustos. A vida estava em risco. No Hospital encontram suporte de informações sobre o que viria pela frente. Uma trajetória abençoada já que os doadores eram compatíveis! Um motivo e tanto para celebrar. 


E para que a vida tenha continuidade a doação de Órgãos precisa acontecer. O Estado do Paraná é referência neste trabalho e em Cascavel profissionais capacitados batalham diariamente para que histórias sigam frente. No Hospital Universitário de Cascavel a força-tarefa é pela captação de órgãos. Um trabalho de sensibilização, aceitação e corrida contra o tempo.


As dificuldades são muitas, e  quando tudo dá certo, os obstáculos que ficaram para trás se tornam pequenos. Porque a vida pulsa.


Confira mais detalhes na reportagem exibida no Jornal Tarobá 1ª Edição:


© Copyright 2022 Grupo Tarobá