Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

João Paulo da Silva é condenado a 63 anos de prisão por quádruplo homicídio em Cascavel

11/08/22 às 18:01 - Escrito por Bruno Rodrigo

João Paulo da Silva foi condenado a 63 anos de prisão em regime fechado pelo quádruplo homicídio realizado em fevereiro deste ano, no Bairro Brasília, em Cascavel. Ele foi a júri nesta quinta-feira sendo condenado pelas quatro mortes, além de qualificadoras. A defesa irá recorrer da decisão.


João Paulo é ex-marido de uma da vítimas, Micheli Petrazzini de Matos. Na noite na crime, ele chegou a residência onde a mulher estava realizando uma confraternização com amigos e matou a tiros as quatro vítimas. As outras três pessoas que morreram foram identificadas como Renato Augusto Strotkamp, Robson Munari e Thaís Fernanda dos Santos Amaral.


Ele foi encontrado no mês de abril, na cidade de Sinop/MT, enquanto trabalhava. João Paulo foi preso e trazido até Cascavel pela Delegacia de Homicídios.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá