Linha 4

Publicidade

Julho é previsão final de obras na estrada entre Londrina e distrito de Maravilha

Redação Tarobá News

Foto: DER/PR

A estrada que liga Londrina ao distrito de Maravilha, na região Norte, passa por obras. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER) a PR-218, até o entroncamento com a PR-445 tem uma extensão de 23,71 quilômetros.

São serviços de remendos, desconfinamento, execução de drenos e sinalização. O investimento previsto é de R$ 5,6 milhões, por meio do lote 7 do programa Conservação de Pavimentos (COP) do Governo do Paraná.

“Com essas melhorias na PR-218 a população terá mais facilidade e segurança para se deslocar até Londrina e também para escoar sua produção agropecuária”, afirma o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

As melhorias começaram em dezembro e devem seguir até julho deste ano. Elas iniciaram com os remendos profundos, executados nos locais com trincas, buracos e ondulações, em que a sub-base do pavimento é substituída por uma nova camada de brita graduada a seco (BGS) antes de recompor o pavimento com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).

Os outros serviços iniciais foram o desconfinamento lateral de bordo, em que é removida a camada de solo vegetal nas laterais da pista, facilitando o escoamento de água para o terreno natural, e a execução de drenos longitudinais, onde materiais drenantes são colocados em um espaço escavado paralelamente ao pavimento para rebaixar águas subterrâneas.

Também serão realizadas reperfilagens, que consistem na aplicação e compactação de massa asfáltica para nivelar a superfície da pista. Será executado o microrrevestimento, uma mistura asfáltica a frio, que rejuvenesce e preserva o pavimento, além de melhorar a aderência de pneus à pista. E, por último, será feita a sinalização horizontal, serviços de pintura de linhas e faixas com tinta acrílica.

“Devido ao grande número de caminhões no trecho, boa parte em direção ao centro de tratamento de resíduos próximo ao distrito, a rodovia precisou de uma quantidade expressiva de remendos profundos", explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

O lote 7 do programa COP inclui 336,39 quilômetros de rodovias, principalmente na região entre Londrina e a divisa com São Paulo. O investimento é de R$ 60,5 milhões em todos estes serviços de conservação.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade