Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Justiça nega recurso e alerta que Boca Aberta não é candidato ao Senado pelo Paraná

30/09/22 às 11:57 - Escrito por Redação Tarobá News

A Justiça Eleitoral negou um recurso impetrado pelo ex-deputado Boca Aberta contra a decisão que apreendeu materiais de campanha no comitê e na casa dele na terça-feira (27). O ex-deputado entrou com um mandado de segurança, com pedido liminar, contra a ordem judicial local,  mas o juiz Rodrigo Otávio Rorigues Gomes do Amaral, relator do caso, não aceitou o pedido. 


Na terça-feira, foram apreendidos santinhos, banners e cartazes com a propaganda do político como candidato ao Senado pelo Paraná. Mas, conforme a Justiça, o ex-deputado não teve o registro de candidatura aceito, nem pelo partido e nem pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 


No dia do cumprimento de mandados de busca e apreensão, Boca Aberta informou que a candidatura dele ao Senado era individual e ainda seria julgada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).


"O registro é avulso. O partido deu um golpe, apoiou o governador e por isso decidimos registrar a candidatura individual. É mais uma perseguição contra a família Boca Aberta. Apreenderam todo o material de campanha", disse o ex-deputado na terça-feira. 


Após a decisão do TRE-PR, nesta sexta-feira (30), o juíz eleitoral em Londrina, Maurício Boer, ressaltou que Boca Aberta não é candidato ao Senado, como ele está divulgando, e, por este motivo, o nome dele não estará nas urnas no dia da eleição. Os equipamentos foram conferidos e lacrados. O TRE-PR afirma que o pedido de registro de candidatura individual também foi negado. 


Mesmo com a apreensão do material e advertência, a Justiça Eleitoral recebeu denúncias de que de o ex-deputado estaria fazendo campanha.   


O juiz Mauricio Boer detalhou que um novo mandado de busca e apreensão deve ser cumprido nos Correios para interceptar material enviado por mala direta. 


Por enquanto, as ações da Justiça se restringem ao cumprimento de mandados de busca e apreensão, mas não são descartadas punições mais severas contra o político. 

© Copyright 2022 Grupo Tarobá