Linha 4

Publicidade

Laboratório de Internet das Coisas é inaugurado pelo PTI-BR, Itaipu e IFPR

Redação Tarobá News

Foi inaugurado oficialmente o laboratório de Internet das coisas — Internet of Things (IoT) —, custeado com recursos de convênio entre Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu Brasil (PTI-BR) e Instituto Federal do Paraná (IFPR), na quinta-feira (16). Para viabilizar a prática das disciplinas técnicas, estruturou-se o Laboratório de Internet das Coisas. A parceria entre as instituições permitiu a aquisição de equipamentos, ferramentas tecnológicas, mobiliário, entre outros recursos materiais.

A inauguração do laboratório é um marco para o futuro das empresas de base tecnológica da região Oeste do Paraná. A afirmação é do diretor técnico do PTI, Rafael Deitos. “Nossa expectativa enquanto Parque Tecnológico é que com esse mecanismo prático os alunos possam formar seus produtos e serviços, trazer benefícios para o ecossistema da região como um todo, e que novas empresas de base tecnologia e IoT surjam”.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, prestigiou a inauguração do laboratório e comentou sobre a importância da parceria das instituições. “Nosso município é um lugar privilegiado por ter tantas instituições comprometidas com o avanço do conhecimento e inovação tecnológica, como a Itaipu Binacional, PTI, IFPR, Unila, Unioeste entre outras que junto com a prefeitura ajudam na transformação da nossa cidade”.

“Foz do Iguaçu está avançando cada vez com a inovação e temos certeza que esses avanços vão garantir um futuro ainda mais promissor para a cidade”, complementou Brasileiro.

Mão na massa

O laboratório servirá para que os estudantes da Especialização em IoT possam “colocar a mão na massa” e aprender de forma prática aquilo que é visto na teoria. “A viabilização da especialização em IoT está alinhada com a estratégia do PTI em contribuir regionalmente com a formação de capital intelectual e a criação de soluções inovadoras para a sociedade”, destacou Deitos.

A especialização também tem a possibilidade de interagir com o Programa Vila A Inteligente, oferecendo aos alunos um ambiente real para testes e validações tecnológicas de soluções que vierem a ser desenvolvidas durante o curso. “Deixamos também o convite para que os estudantes da especialização criem coisas inimagináveis, e que executem suas pesquisas e projetos de conclusão de curso aqui nesse laboratório vivo que é a Vila A”, diz o diretor técnico.

Para o reitor da IFPR, professor Odacir Antonio Zanatta, “é uma grande honra poder ofertar um curso dessa importância, com verticalização em áreas de tecnologia de ponta, principalmente com o apoio de gigantes como PTI e a Itaipu Binacional, colaborando ainda mais para o desenvolvimento de uma região que tem dado sinais claros da sua vocação para essas novas tecnologias, e que há anos tem abraçado e apoiado nossa instituição”, ressalta o reitor do IFPR.


Sobre a Especialização em Internet das Coisas – IoT

A pós-graduação Lato Sensu é gratuita e conta com o apoio do Parque Tecnológico Itaipu e da Itaipu Binacional. O curso será ofertado na modalidade presencial, nas instalações do IFPR Foz (Av. Araucária, 780, Vila A). Participam do curso diversos profissionais graduados em Ciência da Computação, Informática, Engenharias ou áreas afins, ou que atuam como desenvolvedores de sistemas, analistas, propositores de soluções, funcionários do setor da economia denominado P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) ligados à área de tecnologia.

A Internet das Coisas está relacionada à conexão de objetos do mundo físico à Internet. É uma tecnologia que cresce no mundo todo, sendo cada vez mais comum o uso de objetos conectados, como eletrodomésticos, óculos, elevadores e meios de transporte. Em escala maior, encontramos cidades inteligentes, Internet industrial, fazendas inteligentes, atendendo a diferentes demandas da sociedade. A especialização oferecerá formação teórica e prática focada em problemas reais, contribuindo para o desenvolvimento de soluções criativas e de projetos de diferentes portes em IoT. Além das disciplinas técnicas, como Prototipagem e Design, haverá aquelas voltadas à criação de novos negócios e à cultura do empreendedorismo e da inovação.

“A pós-graduação em Internet das Coisas do campus Foz do Iguaçu é a realização de um sonho do colegiado de informática. Foi um processo de amadurecimento natural do colegiado, em um trabalho que se iniciou em 2010, com os Professores Júlio César Royer e Humberto Martins Beneduzzi no curso técnico de informática, seguido pelo curso superior em tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas em 2014. Temos certeza que o curso contribuirá muito com a pesquisa e inovação no IFPR, aliando tecnologia a aplicações do mundo real, e trará benefícios à sociedade e ao setor produtivo da região”, destaca o coordenador do curso, professor Evandro Cantú.

Assessoria 

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.