Linha 4

Publicidade

MP-PR pede explicações sobre casos de aglomeração no transporte coletivo de Londrina

Redação Tarobá News

CMTU

O Ministério Público (MP-PR) instaurou um procedimento administrativo com objetivo de verificar denúncias de aglomeração nos ônibus do transporte coletivo de Londrina. 

O promotor dos Direitos do Consumidor Miguel Sogaiar pediu explicações sobre as medidas de prevenção adotadas no transporte urbano da cidade. 

No documento de instauração do procedimento administrativo, Sogaiar escreveu que há "inúmeras reclamações sobre aglomeração dentro dos ônibus", o que favorece a transmissão do coronavírus. 

O ofício é endereçado à CMTU, à Londrisul e à TCGL, que têm 15 dias para responder as perguntas. O MP-PR quer saber qual a porcentagem da frota está atuante e como estão sendo feitas a fiscalização e a higienização dos coletivos. 

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade