Linha 4

Publicidade

Para evitar atravessadores Cascavel faz alterações na coleta seletiva

Redação Tarobá News

A coleta seletiva de Cascavel está passando por mudanças. A cidade foi dividida em territórios, cada um tendo um Ecoponto como referência.

A alteração surge com vários propósitos, que visam organizar o sistema, aumentar a produtividade e criar vínculos.

Antes dos Ecopontos, as cooperativas funcionavam em locais carentes de estrutura e a administração era precária. 

O volume de material coletado atualmente gera renda a 120 pessoas que chegam a ganhar por mês de R$ 1.200 a R$ 1.900. Outra meta do novo sistema é reduzir os atravessadores.

A mudança nos dias de coleta passa a vigorar no dia 25.

Clique no vídeo e veja mais informações:

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.