Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

PF deflagra operação contra o crime de contrabando e descaminho em Guaíra

28/06/23 às 08:29 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (27), a Operação Corsário, com o objetivo de combater Organização Criminosa que atua no roubo de cargas provenientes do contrabando e descaminho (“piratas”). Foram cumpridas ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal da 1ª Vara Criminal de Guaíra/PR, de busca e apreensão na cidade de Guaíra/PR.


A Organização Criminosa opera na Região Oeste do Estado do Paraná, em especial, nos municípios de Guaíra, Altônia e Umuarama. O modus operandi do grupo é conhecido como "pirataria", visto que eles roubam as mercadorias contrabandeadas de outros grupos criminosos, muitas vezes utilizando vestimentas e insígnias da Polícia Federal e outras forças policiais. 


A investigação 'Corsário' teve início após denúncia de que em um determinado local da cidade de Guaíra/PR, havia uma residência em aparente estado de abandono, sendo utilizada para guardar produtos ilícitos, popularmente conhecida como "mocó". 

Leia mais:

Imagem de destaque
ACIDENTE FATAL

Família de homem que morreu em acidente com caminhão pede justiça

Imagem de destaque
EM LONDRINA

Arraiá da Tia Maria leva comidas típicas e entretenimento na zona norte

Imagem de destaque
PASSOU POR CIRURGIA

Policial militar é atropelado por motorista embriagado em Arapongas

Imagem de destaque
CONJUNTO MARIA CELINA

Ciclista fica ferida após ser atingido por carro na zona norte de Londrina


Ao diligenciar nessa residência, verificou-se que esta não possuía em seu interior quaisquer mobílias (desabitada), porém, constatou-se um porão nos fundos da casa, sendo identificados ali dois veículos e vários volumes de produtos contrabandeados do Paraguai, tais como: tabaco aromatizados, substância análoga a maconha, brinquedos, aparelhos de telefone celulares, cigarros, Sky TV, além de capas de coletes balísticos, carregadores de pistolas municiados, e várias peças de uniformes militares camuflados.


Na ocasião, Policiais Federais realizaram exame pericial e apreensão dos produtos ilícitos, contando, ainda, com o apoio do Batalhão de Polícia de Fronteira – BPFron (Polícia Militar do Paraná).

 

Nome da operação: Os corsários eram navegadores que praticavam roubo de cargas nos séculos XV e XVIII. Também conhecidos como piratas, dedicavam-se ao roubo de cargas de embarcações.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá