Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Policiais militares são absolvidos do caso “noite sangrenta”

13/06/23 às 20:52 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Os policiais militares suspeitos de envolvimento na chacina que deixou doze mortos em Londrina em 2016, foram absolvidos pelo júri popular nesta terça-feira (13).

 

Jefferson José de Oliveira e Leandro da Silva Crepaldi prestaram depoimentos, assim como testemunhas, advogados de defesa e acusação. Eles eram acusados de acusados de tripla tentativa de homicídio no dia 30 janeiro de 2016, que ficou conhecida como "noite sangrenta". Doze pessoas foram mortas e dezesseis ficaram feridas em sete locais diferentes da cidade.

Leia mais:

Imagem de destaque
EM CAMBÉ

Prefeito sanciona projeto que proíbe consumo de bebidas alcoólicas em praças

Imagem de destaque
17 E 18 DE NOVEMBRO

UEL abre inscrições para o Vestibular 2025, realizado em fase única

Imagem de destaque
PREÇOS ATUALIZADOS

Decreto publicado reajusta serviços prestados pela Acesf em Londrina

Imagem de destaque
EM TRÂMITE

Trecho do Calçadão de Londrina deve passar por revitalização a partir de 2025

 

Na parte externa do Fórum, parentes e amigos dos policiais militares comemoravam a absolvição de ambos, após um julgamento de quase 12 horas. Para o advogado de defesa dos PMs, a justiça foi feita, pois eram inocentes.

 

No momento do crime eles não estavam trabalhando e não usavam farda. Com dados colhidos durante as investigações, o Ministério Público entendeu que os policiais tinham envolvimento na tripla tentativa de homicídio. Mas agora, pelo júri popular, foram declarados inocentes.

 

O policial militar Jefferson José de Oliveira deverá passar por outro julgamento ainda este ano, pelo envolvimento em um confronto. Segundo seu advogado, o fato dele ter sido absolvido agora, pode ajudar no próximo.

 

Apesar de terem sido absolvidos neste julgamento, ainda cabe recurso por parte da acusação.



Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá