Linha 4

Publicidade

Presidente da Câmara fala sobre caso de violência doméstica envolvendo vereador Parra

Redação Tarobá News

O presidente da Câmara, Alécio Espínola, se pronunciou nesta segunda-feira (21) sobre o caso de violência doméstica envolvendo o vereador Parra. Após se reunir com a Mesa Diretora, o presidente explicou que a Câmara repudia veementemente qualquer tipo de agressão e violência praticada por servidores públicos e representantes do povo, especialmente contra as mulheres. Ele reiterou ainda seu compromisso de investigar qualquer denúncia que chegue na Casa.

Na quinta-feira passada o Coletivo de Mulheres 8 de Março, entregou um documento à presidência solicitando providências do Legislativo em relação ao caso e pedindo comprometimento com o combate à violência contra a mulher. A Procuradoria Jurídica da Casa orientou o grupo acerca das condições de admissibilidade para que uma representação possa ser aceita pela Comissão de Ética. Pelo Regimento Interno é preciso que o denunciante apresente documentos de identificação, comprovação dos fatos e indicação do tipo de infração ético-disciplinar cometida pelo vereador.

Caso seja notificada novamente e cumpridas as condições de aceite da denúncia, o presidente Alécio Espínola se comprometeu a dar prosseguimento às denúncias recebidas da comunidade.

COMENTÁRIOS

Publicidade