Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Quadro 'A Hora do Café' relembra o dia da geada negra, em 1975

20/06/24 às 12:17 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!
A Geada Negra, que devastou lavouras no norte do Paraná, completará 49 anos no dia 18 de julho. Produtores não esquecem a data e relembram as horas que antecederam um dos piores fenômenos que os cafezais já enfrentaram.


Ainda na tarde do dia 17 de julho de 1975, a temperatura entre Londrina e Cambé começou a cair e o frio da madrugada do dia 18 completou a destruição. As folhas dos pés de café queimaram. "No outro dia, quando a gente levantou, a gente foi andar pelo terreiro da nossa casa e vimos uma camada branquinha, a gente pisava era como se tivesse em cima de um vidro", conta Donizete Aparecido Leite, produtor. 


De acordo com os registros da época, os termômetros registraram -9ºC. A quebra na safra daquele ano gerou efeitos colaterais na indústria e nos campos. Hoje, o Paraná tem apenascerca  2% dos quase 2 milões de hectares no auge, em 1961. 


A geada mudou rumos no Paraná e deu espaço plantações de novos grãos. 

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá