Linha 4

Publicidade

Representantes da comitiva do Ministro da Saúde do Paraguai são vítimas de roubo

Redação Tarobá News

Criminosos armados roubaram representantes da comitiva do Ministro da Saúde do Paraguai em visita a Foz do Iguaçu, na última sexta-feira (20). O crime foi a poucos metros da Ponte da Amizade.

Dentro do carro estavam representantes da vigilância sanitária de Assunção e da província de Alto Paraná. Os dois criminosos estilhaçaram um dos vidros traseiros, ameaçaram as vítimas e levaram dinheiro, celulares, carteiras e objetos pessoais. As vítimas registraram a ocorrência apenas ao atravessar a fronteira.

Sobre o caso, a Polícia Rodoviária Federal emitiu a seguinte nota:

"A Polícia Rodoviária Federal informa que realizou nesta sexta-feira (19), com apoio da Guarda Municipal de Foz do Iguaçu, escolta e segurança a autoridades do Brasil, Paraguai e Argentina, incluindo os Ministros de Saúde dos três países, por ocasião de evento ligado à vacinação contra a Covid-19, ocorrido nas imediações da Ponte Internacional da Amizade, no lado brasileiro da fronteira.

A PRF esclarece que as comitivas oficiais dos três países tiveram total apoio e segurança durante todo o tempo em que estiveram sob os cuidados das equipes de segurança pública envolvidas no evento e que nenhuma intercorrência de risco fora constatada a nenhum dos membros participantes das comitivas oficiais.

Acerca de relatos publicados em redes sociais reportando que dois integrantes da comitiva paraguaia teriam sido vítimas de assalto na BR 277, nas proximidades da aduana brasileira da Ponte Internacional da Amizade, a PRF ratifica que nenhum dos membros da comitiva oficial do Paraguai ou das demais comitivas tiveram qualquer situação reportada enquanto estiveram sob os cuidados das equipes de segurança."

A Polícia Federal também se manifestou por meio de nota:

A PF vem a público esclarecer que uma de suas atribuições é a realização da segurança de autoridades estrangeiras. Entretanto, tal atribuição é realizada com a solicitação do Governo ou da própria autoridade estrangeira.
No caso da vinda da comitiva paraguaia a Foz do Iguaçu/PR, nesta sexta-feira, a PF informa que não foi demandada para a realização de segurança ou qualquer tipo de apoio à representação estrangeira.
Desta forma, a PF esclarece que não possui maiores dados sobre qualquer ocorrência que, porventura, tenha acontecido na visita da comitiva do Paraguai à cidade de Foz do Iguaçu/PR.

Veja mais detalhes na reportagem de Vinicius Machado, exibida no Jornal Tarobá 1ª Edição.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.