Linha 4

Publicidade

Temporal compromete fornecimento de água e energia em Cascavel

Liliane Dias

O temporal registrado na madrugada desta quinta-feira (14), deixou muitos estragos e também causou falta de energia e de abastecimento de água em Cascavel e região. De acordo com a assessoria da Copel, até por volta de 14h ainda havia 3.500 unidades consumidores em Cascavel sem energia. 

Foram identificados muitos pontos com árvores sobre as redes, cabos rompidos e entre Toledo e Marechal Cândido Rondon, pelo menos duas torres de geração particular caíram sobre a rede da Copel. Além disso, nove torres da linha de Transmissão Assis/Umuarama (138kV) foram ao chão.  

As torres que foram derrubadas ficam entre Jesuítas e Carajás, próximo a Assis Chateaubriand, no Oeste paranaense. A reconstrução será importante para a recomposição do sistema de alta tensão e para garantir a flexibilidade de operação do sistema, pois elas entregam energia a três subestações, que estão sendo abastecidas por outras fontes – ou seja, a queda das torres não está causando diretamente falta de luz aos consumidores.

Alguns municípios tiveram o fornecimento de energia quase totalmente interrompido. São eles: Formosa do Oeste, Tupassi, São José das Palmeiras, Diamante do Oeste, Entre Rios do Oeste, Diamante do Sul, Boa Vista da Aparecida, Terra Roxa, Vera Cruz do Oeste, Pérola do Oeste, Cruzeiro do Iguaçu, Guaíra, Bela Vista da Caroba, Jesuítas, Ibema, Guaraniaçu, Ramilândia, São Pedro do Iguaçu e Planalto.

Equipes de Manutenção e Emergência estão trabalhando desde a madrugada para restabelecer o fornecimento a todos o mais rapidamente possível.  Todas as equipes disponíveis na região foram mobilizadas e equipes de outras regiões do Estado estão em deslocamento para auxiliar na recomposição do fornecimento, o que deve se estender nos próximos dias.

A falta de luz pode ser comunicada pelo site e aplicativo, pelo telefone 0800 51 00 116 e pelo WhatsApp 41 3013-8973. Há ainda a opção de enviar uma mensagem de texto (SMS) para o número 28593, com as letras “SL” e o número da unidade consumidora.

Sanepar 

Por conta da falta de energia, o fornecimento de água também está comprometido em toda a região. Na regional de Toledo estão energia e sem previsão de retorno os sistemas de Cafelândia e do distrito de Central Santa Cruz, Nova Aurora e o distrito de Marajó, Jesuítas e o distrito de Carajá, Iracema do Oeste, Formosa do Oeste, Assis Chateaubriand, Maripá, Palotina e o distrito de São Camilo, Terra Roxa, São Pedro do Iguaçu e os distritos de São Judas Tadeu e Luz Marina, Diamante do Oeste, São José das Palmeiras, Toledo, Vera Cruz do Oeste e o distrito de São Sebastião no mesmo município. Os distritos de Caramuru, Jacutinga, Itavó e Santa Inês, no município de Itaipulândia, e os distritos de Flor da Serra e Vila Rural, em Serranópolis do Iguaçu, também estão prejudicados.

Na região de Cascavel os sistemas afetados pela falta de energia e falta de água são os de Santa Tereza do Oeste, Boa Vista da Aparecida, Iguatu, Corbélia, Anahy, Campo Bonito, Céu Azul, Ramilândia e os distritos de Rio do Salto e Juvinópolis, em Cascavel, Longuinópolis, em Braganey, Ibiracema, em Catanduvas, Ouro Verde do Piquiri, em Corbélia, e Barra Bonita, em Três Barras do Paraná.

Como todos os processos da Sanepar dependem do fornecimento de energia, a produção de água está comprometida ainda em outras cidades do Estado como, Capanema, Planalto, Santa Terezinha de Itaipu, Pérola do Oeste, Bela Vista da Caroba, Nova Laranjeiras, Quedas do Iguaçu, Grandes Rios, São Pedro do Ivaí e o distrito de Marisa. 


Fonte: Assessoria

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.