Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Toledo ultrapassa a marca de 1.000 casos de dengue no atual ano epidemiológico

30/06/23 às 08:19 - Escrito por Assessoria
siga o Tarobá News no Google News!

Toledo acaba de atingir uma marca nada honrosa. De acordo com o boletim divulgado nesta sexta-feira (30) pela Secretaria de Saúde (SMS), o município ultrapassou a marca de 1.000 casos de dengue no atual ano epidemiológico, iniciado em agosto de 2022. 


Precisamente, foram 1.016 registros (1.009 autóctones e 7 importados) confirmados da doença no período. Na última semana, foram 29 novas confirmações, 26,09% a mais que na semana anterior (23).


Há ainda 32 exames aguardando resultado. Somando os casos confirmados, em análise e os 1.019 que já foram descartados, 2.139 pessoas com sintomas da doença (manchas avermelhadas na pele, dor abdominal, febre, dor no corpo, cansaço, entre outros) procuraram os serviços de saúde desde agosto do ano passado. Uma delas veio a óbito no fim de abril.

Leia mais:

Imagem de destaque
ACIDENTE FATAL

Família de homem que morreu em acidente com caminhão pede justiça

Imagem de destaque
EM LONDRINA

Arraiá da Tia Maria leva comidas típicas e entretenimento na zona norte

Imagem de destaque
PASSOU POR CIRURGIA

Policial militar é atropelado por motorista embriagado em Arapongas

Imagem de destaque
CONJUNTO MARIA CELINA

Ciclista fica ferida após ser atingido por carro na zona norte de Londrina


Mais da metade dos casos (513) estão concentrados em seis comunidades: Santa Clara (203), Europa (89), Industrial (67), Centro (56), Panorama (54) e São Luiz do Oeste (44). O município também registrou um caso autóctone e dois importados de febre chikungunya, doença também transmitida pelo Aedes aegypti. 


Dessa forma, a SMS, por meio do setor de Controle e Combate às Endemias, reforça o pedido para a população redobrar as ações de combate e prevenção ao mosquito nos imóveis onde mora e trabalha, impedindo que este se reproduza em locais onde a água pode acumular, tais como vasos, pneus, garrafas, calhas, plantas, entre outros lugares. 


Também recomenda às pessoas que apresentarem sintomas de dengue a procurarem imediatamente atendimento médico, evitando os quadros mais graves da doença. Outro ponto fundamental para frear a disseminação da dengue em nosso município, é fundamental a realização das vistorias pelos agentes de combate a endemias (ACEs) nos imóveis – por isso, quando baterem em sua casa, facilite o trabalho deles e siga todas as orientações que forem dadas.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá