Ação civil propõe a manutenção e a criação de leitos de UTI em Cascavel

Redação Tarobá News
Ciência e saúde | Publicado em 11/10/2018 às 08:26

A Defensoria Pública da União  em Cascavel, interior do Paraná, ajuizou ação civil pública em face da União, do estado do Paraná e do município de Cascavel para a abertura e manutenção de, no mínimo, 84 de leitos de UTI pelo sistema único de saúde no município. A ação foi proposta após reiteradas demandas individuais relacionadas à efetivação do direito à saúde chegarem ao conhecimento da defensoria.

Relatório divulgado pela Secretaria de Saúde, 29 pacientes estão em UPA´s de Cascavel clicados na central de leitos. Pra tentar mudar esse cenário a defensoria propôs uma ação civil  para criação e  manutenção de leitos de UTI.  

A população acredita que a medida seja necessária pela situação da saúde no município de Cascavel. A camareira Lucélia Martins diz que por conta da falta de leito não consegue internar o filho o henrique de 12 anos que precisa fazer uma cirurgia na perna.


A ação pede que os leitos sejam criados no prazo de 12 meses, ou em outro prazo que a justiça considerar razoável, assegurada a abertura de, no mínimo, 21 leitos a cada trimestre. O secretário  de  saúde do município Rubens Griep avalia a decisão mas que não há muito o que fazer de imediato.  



Relacionados

Cascavel | 21-06-2019 19:41

Pacientes reclamam da demora no atendimento na Upa Veneza

Pacientes reclamam da demora no atendimento na Upa Veneza

Umuarama | 19-06-2019 20:41

Nova unidade de pronto atendimento está prestes a ser inaugurada

Nova unidade de pronto atendimento está prestes a ser inaugurada

Curitiba | 19-06-2019 16:30

Saúde alerta para importância da vacina contra febre amarela

Saúde alerta para importância da vacina contra febre amarela

Curitiba | 19-06-2019 16:29

Profissionais são capacitados para tratar a raiva humana

Profissionais são capacitados para tratar a raiva humana

PUBLICIDADE