Linha 4

Publicidade

Após denúncia, Saúde garante que Londrina não tem falta de respiradores

Da Redação

Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) procuraram a reportagem da Tarobá e realizaram uma denúncia que estariam faltando respiradores em Londrina. O relato do denunciante, que preferiu não se identificar, é de uma situação de caos, descontrole e falta de planejamento. Estaria faltando lugar para colocar pacientes entubados.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, ressaltou que a cidade vive o pior momento da pandemia, mas garantiu que não faltam equipamentos neste momento. “Conseguimos fazer aquisição de vários respiradores para unidades da prefeitura. Toda sala de urgência, o que não era realidade, conta com pelo menos um respirador. Todas ambulâncias do Samu são equipadas com respirador novo. Fizemos aquisição de todos insumos necessários para esse processo”, disse.

No entanto, Machado ressaltou que o cenário pode piorar com o avanço da pandemia. “Hospitais se prepararam para esse atendimento, mas volta a dizer, são recursos finitos. Estamos caminhando para um processo de bastante tensão”.

A direção da 17ª Regional de Saúde garantiu que nenhum dos municípios atendidos na região relatou falta de insumos. Já no contexto geral do Paraná, o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, citou uma morte que aconteceu no Hospital Universitário de Londrina e afirmou que são situações pontuais. “Estamos fazendo um esforço no Governo do Estado para não deixar faltar oxigênio”, disse. Assista!

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade