Linha 4

Publicidade

Campanha de Multivacinação e de imunização contra a pólio é antecipada

Redação Tarobá News

Foto: Tânia Rêgo - Agência Brasil

A baixa adesão à imunização tem causado preocupação em todo o Brasil. Diante desse cenário, o Paraná vai antecipar a Campanha Nacional de Multivacinação e também a de vacinação contra a poliomelite. Enquanto todo o Brasil dará o start à ação no dia 5 de outubro, por aqui as campanhas começarão já na próxima semana, na segunda-feira, dia 28 de setembro. O encerramento está programado para o dia 30 de outubro.

Em Cascavel, as unidades de Saúde já estão se organizando para imunização do público-alvo. Ao todo, serão 43 unidades que prestarão o atendimento, das 8h às 17h. Em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os munícipes terão que fazer o agendamento por telefone na unidade mais próxima. A medida é para evitar aglomerações. Além disso, o uso de máscara é obrigatório.

A coordenadora do PMI (Programa Municipal de Imunização), Ana Carolina Rossin, reforça que a imunização é sinônimo de proteção. “A vacinação é uma das principais formas de proteção contra doenças causadas por vírus e bactérias, as quais podem ser graves e até levar a óbito. Os pais devem aproveitar a campanha para atualizar a caderneta de vacinação dos seus filhos e mantê-los protegidos das doenças imunopreveníveis”, pontua.


MULTIVACINAÇÃO

A Campanha de Multivacinação tem a finalidade de atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias).

A estratégia consiste em oportunizar um único momento no qual são oferecidas à população-alvo várias vacinas, para atualização da caderneta das crianças e dos adolescentes, facilitando assim a ida dos pais ou responsáveis ao serviço de saúde e garantindo a proteção contra diversas doenças, melhorando também as coberturas vacinais no estado.

A Campanha oferta vários tipos de vacinas, dentre elas, a BCG, que previne as formas graves de tuberculose; rotavírus humano, contra a diarreia; meningocócica C e ACWY, que previne contra meningites; tríplice viral, contra sarampo, caxumba e rubéola; vacina contra a varicela; vacina HPV, que previne alguns tipos de câncer em jovens; vacinas da hepatite A e hepatite B e ainda a vacina contra a febre amarela.


CONTRA A PÓLIO

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite tem como público-alvo as crianças a partir de 12 meses a menores de 5 anos de idade. A meta de vacinação é atingir 95% de cobertura vacinal.

A ação tem o objetivo de manter o estado e o Brasil livre da poliomielite. Para tal é imprescindível a obtenção de altas e homogêneas coberturas vacinais.


Assessoria 

COMENTÁRIOS

Publicidade