Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Campanha de vacinação contra o sarampo será realizada em agosto

18/07/18 às 09:10 - Escrito por Redação Tarobá News

Com casos de sarampo registrados em algumas regiões do país e até mortes causadas pela doença, muita gente está preocupada e querendo se prevenir. Mas a vacinação segue um esquema específico para cada idade, e por isso a Secretaria Municipal de Saúde convocou uma coletiva de imprensa para esclarecer o assunto.

Na recepção das Unidades Básicas de Saúde o servidor sempre pede a carteira de vacinação. A do Eduardo está em dia. Ele tem um ano e já tomou a tríplice viral, que protege contra sarampo caxumba e rubéola.

Casos de morte por sarampo na região Norte do país deixaram as pessoas em alerta. O Brasil parecia livre da doença havia mais de uma década. Notícias falsas viralizaram nas redes sociais. E antes que pegassem, a secretaria Municipal de Saúde convocou uma coletiva para esclarecer os fatos e não ter que remediar. 

De acordo com o secretário de saúde de Londrina, Felippe Machado, o Ministério da Saúde vai realizar campanha de vacinação de 6 a 31 de agosto, com um dia D no sábado, dia 18, para que sejam vacinadas de forma indiscriminada todas as crianças de 12 meses a 5 anos incompletos.

O esquema de vacinação contra o sarampo começou na década de 1970 e prevê aplicação em crianças de um ano com reforço na adolescência. Por isso, a maioria das pessoas com menos de 50 anos já deveria ter sido imunizada. Vale conferir a carteirinha ou histórico médico registrado nas unidades básicas.

Pessoas com mais de 50 anos não precisam tomar vacina contra o sarampo. Jovens só devem procurar rapidamente as UBSs se forem viajar para a região norte ou exterior ou se não tiverem certeza que já tomaram a vacina tríplice.

O sarampo se transmite facilmente, mesmo antes do aparecimento dos sintomas. Por isso a vacina é a melhor prevenção.

(Reportagem: Livia de Oliveira/ Andelson Moro)

© Copyright 2022 Grupo Tarobá