Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Londrina confirma primeiro caso de morador com varíola dos macacos

16/08/22 às 10:01 - Escrito por Redação Tarobá News

A Secretaria Municipal de Saúde de Londrina confirmou, nesta terça-feira (16), o primeiro caso de varíola dos macacos na cidade.


O paciente é um homem, de 31 anos, que procurou atendimento médico em uma unidade de saúde após apresentar lesões na pele.


Conforme o município, ele está bem, em isolamento e é acompanhado em casa por profissionais de saúde, assim como pessoas próximas que tiveram contato com ele nos últimos dias.


A confirmação foi feita após realização de exame pela Secretaria Estadual de Saúde. O município informou que o paciente tem histórico de viagem pelo país, mas que não foi possível identificar a pessoa que possa ter transmitido a doença para ele. 


Atualmente, o município espera o resultado de exames de outros 12 casos suspeitos da doença. Além disso, um exame deu negativo e outro inconclusivo. 


No Paraná, há 52 casos confirmados da doença, conforme boletim da Secretaria de Estado da Saúde divulgado no dia 10 de agosto. Há casos em Curitiba, Araucária, Maringá e Cascavel. Há outros 93 casos suspeitos esperando o resultado dos exames. 


Com o primeiro caso positivo, Londrina confirma a transmissão comunitária da doença, assim como já foi declarado em todo o Brasil


"Quando o país declara transmissão comunitária de uma doença isso se aplica a todos os lugares que confirmam caso positivo e que não consegue identificar o caso índice, ou seja, quem transmitiu o vírus", explicou o secretário de Saúde, Felippe Machado. 


Sintomas e transmissão


A varíola dos macacos é uma doença causada por um vírus, transmitido quando há contato intímo, com secreções respiratórias ou em objetos pessoais de pacientes infectados. 


Entre os sintomas estão febre,  dor de cabeça, náuse, exaustão, lesões na pele e vermelhidão.  Como medida para evitar o contágio, a pessoa deve ficar isolada por um período de 21 dias até que as lesões na pelas desapareçam. 





© Copyright 2022 Grupo Tarobá