Linha 4

Publicidade

Londrina integra consórcio de prefeitos para compra direta de vacinas

Redação Tarobá News

AEN

Londrina integra o consórcio da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) criado para viabilizar a compra direta de vacinas contra o coronavírus. A afirmação foi feita na manhã desta terça-feira (2) pelo secretário municipal de Saúde Felipe Machado durante entrevista coletiva. 

Na semana passa, o STF (Supremo Tribunal Federal) autorizou estados e municípios a adquirirem imunizantes, caso haja demora na entrega pelo governo federal.

"Tão logo surgiu essa nova possiblidade através de uma decisão do STF - que em uma insuficiência ou inércia do governo federal os municípios e estados teriam essa autorização - a prefeitura de Londrina, alinhada com a Frente Nacional de Prefeitos, também já está compondo esse consórcio que vai ser criado com a finalidade de possível aquisição de vacinas", pontuou Machado. 

A falta de vacinas levou a secretaria de Saúde a suspender o agendamento para idosos. 

"As doses para pessoas com mais de 80 anos vão ser aplicadas até a próxima quarta-feira (3), quando esgotam-se os imunizantes para esse grupo. Alguns idosos dentro dessa faixa etária já tiveram seus cadastros validados, mas não conseguiram agendar" afirmou o secretário. 

O Município aguarda o recebimento de mais doses para retomar a imunização dos idosos. 

"A nossa expectativa é que a gente possa receber, talvez ainda esta semana, novas doses de vacinas para que a gente consiga abrir novamente a possibilidade de agendamento aos idosos", 

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade