Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Mãe reclama de falta de medicamentos para filho com esquizofrenia em Cambé

28/07/22 às 21:38 - Escrito por Redação Tarobá News

A mãe de um jovem com esquizofrenia em Cambé está reclamando da falta de medicação em Unidade Básica de Saúde.


Maria Cristina Firmino deixou o trabalho como diarista para se dedicar ao filho, que há 15 dias sem os remédios, já começou apresentar piora na saúde.


O rapaz é atendido pela Apae de Cambé. O psiquiatra receitou dois medicamentos: o axonium e a paroxetina. Os dois são caros. Dona Maria só conseguiu comprar uma vez.


“Ele grita muito à noite. Não consigo dormir há três dias. Ela acorda e me agarra de noite e diz que está tudo afundando e acabando. Estou perdida”, desabafa a mãe.


A mãe procurou a ajuda dos serviços de saúde do município para conseguir os remédios de graça, mas sem sucesso. Ela foi orientada a buscar os medicamentos em uma farmácia que pertence à Secretaria Estadual de Saúde.


“Uma moça falou que ia conseguir o remédio, mas depois ligou na Apae e disse que não podia e que eu deveria preencher um formulário para o doutor assinar daqui 30 dias, mas não posso esperar mais”, diz Maria.


A Secretaria de Saúde de Cambé informou que está levantando o prontuário do rapaz e que vai se manifestar nesta sexta-feira sobre o caso.


Quem puder ajudá-la deve entrar em contato pelo telefone (43) 99693 -2939. 

© Copyright 2022 Grupo Tarobá