SARAMPO: mesmo com casos negativos, os cuidados devem continuar

Redação Tarobá News
Ciência e saúde | Publicado em 24/08/2019 às 12:17

Vacinar é o meio mais eficaz de prevenção contra o sarampo. 

Mas é preciso de atentar aos sintomas iniciais da doença: febre, tosse persistente, conjuntivite e coriza.  A partir do segundo e quarto dia, os sintomas inciais se agravam e ainda surgem sinais como  manchas vermelhas (que não coçam e podem aparecer atrás das orelhas). Essas manchas geralmente progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. Além disso, pode causar infecção nos ouvidos, pneumonia, diarreia, convulsões e lesões no sistema nervoso

Nós conversamos com a diretora da Vigilância em Saúde, Beatriz Tambosi que falou sobre quem deve tomar a vacina. Confira. 



Relacionados

Candói | 20-09-2019 09:15

Secretaria de saúde de Candói intensifica vacinação contra o sarampo

Secretaria de saúde de Candói intensifica vacinação contra o sarampo

Londrina | 20-09-2019 09:09

Clínica Odontológica da UEL suspende plantão na madrugada

Clínica Odontológica da UEL suspende plantão na madrugada

Cascavel | 19-09-2019 20:56

Hemocentro estará fechado no período da tarde desta sexta-feira

Hemocentro estará fechado no período da tarde desta sexta-feira

Cascavel | 19-09-2019 18:15

Captação de córneas está suspensa no Banco de Olhos por falta de material

Captação de córneas está suspensa no Banco de Olhos por falta de material