Saúde prossegue com ações de combate a endemias

Redação Tarobá News
Ciência e saúde | Publicado em 07/06/2017 às 18:36

O setor de Endemias estará presente no mutirão de serviços “Movimenta Londrina, no distrito de Lerroville, desenvolvendo ações educativas de combate ao Aedes. O mutirão está programado para esta quinta (8) e sexta-feira (9), a partir das 9 horas. O ponto de encontro das atividades será na praça da igreja, que fica na avenida Dr. Gustavo Avelino Correia.

No dia 8 será montado um espaço de orientação, com exposição do larvário e do mostruário do caramujo africano, da esquistossomose e bicho barbeiro. Além disso, os alunos do Colégio Estadual Maria Helena Davatz levarão oficinas sobre o meio ambiente para a comunidade.

No dia 9, será realizado, no local, o “Dia D de combate ao Aedes aegypti”. A partir 10h30 haverá uma passeata com a participação de cerca de 650 pessoas, incluindo os alunos da Escola Municipal Bento Munhoz da Rocha Neto e do Colégio Estadual Maria Helena Davatz.

Também participarão a Guarda Mirim de Londrina e a equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Lerroville. O Tiro de Guerra também deverá estar presente. Durante a passeata haverá recolhimento de materiais que podem acumular água e panfletagem. O objetivo é conscientizar a comunidade, a fim de evitar a proliferação do mosquito.

Justiça no Bairro

Neste sábado (10), das 9 às 13h30, o setor de Endemias, da Secretaria Municipal de Saúde, irá participar do programa “Justiça no Bairro – Sesc Cidadão”, promovido pelo Poder Judiciário em parceria com o Sistema Fecomércio Sesc Senac PR. Será na avenida Saul Elkind, 1.555, região norte de Londrina.

Estarão presentes cerca de 90 alunos do Sesc, na faixa etária de 14 a 19 anos, além da comunidade local, já que o evento é aberto ao público. Segundo a educadora em Endemias do Município, Lucimara Vasconcelos, haverá exposição do larvário, que demonstra o ciclo do Aedes, e do mostruário do caramujo africano, da esquistossomose e bicho barbeiro. Também será levada a maquete, que demonstra o quintal certo e o errado.

O objetivo da participação é prevenir e alertar a população sobre os cuidados com as endemias. Para isso, segundo Lucimara, além das demonstrações, os agentes falarão sobre os meios de prevenção às doenças e sobre os tipos de enfermidades causadas pelo Aedes aegypti. “Também serão distribuídos panfletos informativos e serão levados materiais lúdicos, que representam os criadouros do mosquito”, informou.

Números da dengue

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou, nesta quarta-feira (7), o relatório semanal com os dados sobre a dengue em Londrina. Do início do ano até o momento, foram registradas 1.976 notificações relacionadas à doença. Deste total, 28 casos foram confirmados e 1.605 descartados. Outros 343 estão em andamento, aguardando o resultado de exames laboratoriais.

(N.Com)



Relacionados

Foz do Iguaçu | 04-10-2018 10:42

Hospital Municipal recebe terapeutas de quatro patas

Hospital Municipal recebe terapeutas de quatro patas

Ciência e saúde | 04-10-2018 08:32

Outubro Rosa: 5 dúvidas mais frequentes sobre o câncer de mama

Outubro Rosa: 5 dúvidas mais frequentes sobre o câncer de mama

Foz do Iguaçu | 03-10-2018 16:24

Casos de Sífilis Congênita em Foz aumentaram 60,4% em três anos

Casos de Sífilis Congênita em Foz aumentaram 60,4% em três anos

Cascavel | 03-10-2018 09:12

Outubro Rosa alerta para o diagnóstico do câncer de mama

Outubro Rosa alerta para o diagnóstico do câncer de mama

PUBLICIDADE