Saúde vai contar com mais servidores e mais médicos

Redação Tarobá News
Ciência e saúde | Publicado em 20/07/2019 às 08:15

O prefeito Leonaldo Paranhos assinou na tarde de ontem (19), a autorização para contratação de mais 61 servidores para a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), sendo 26 médicos temporários que vão suprir a falta dos profissionais afastados por licença e atestados médicos e licença prêmio. A contratação destes médicos já deve acontecer na próxima semana. O edital será publicado na edição do Diário Oficial deste sábado (20).

"São ACS (Agentes Comunitários de Saúde), agentes administrativos e 32 médicos (26 temporários e 6 efetivos). Estamos lançando um sistema novo na saúde, com médicos temporários", disse Paranhos, destacando que somente a Educação contava com servidores (professores) temporários para suprir a falta de profissionais. "Muitos médicos têm licença prêmio, férias, ficam doentes e ficávamos sempre com esse problema da falta deste profissional. Agora, além dos servidores efetivos, que são 35, estamos contratando os médicos temporários", completou.

A intenção é convocar os médicos para completar os quadros e garantir o atendimento à população, sem que haja acréscimo de pessoal, mas garantindo a reposição do profissional sempre que necessário. São 26 médicos convocados no teste seletivo, sendo seis generalistas, quatro ginecologista/obstetra, um ortopedista, cinco pediatras, todos com 20 horas, e mais 10 médicos com 40 horas. "O teste seletivo é um processo de seleção para contratação temporária, mas os candidatos fizeram prova e passaram por um processo de classificação, nos mesmos moldes dos processos realizados pela Secretaria Municipal de Educação", explicou Vanilce Pohl, diretora do  Departamento de  Gestão de Pessoas.

Vanilce disse ainda que "o numero de médicos convocados, agora, suprirá a demanda de vagas por motivos de afastamentos também temporários; eles permanecem na função pelo tempo de substituição podendo vir a substituir outros profissionais, quando necessário. Eles serão destinados para onde os servidores lotados estiverem afastados".

A diretora ressaltou que esta é a primeira vez que o Município de Cascavel lança mão de um programa de contratação temporária para a Secretaria de Saúde. "A expectativa é que os profissionais médicos atendam ao chamado e que os plantões estejam completos, porque a ausência dos profissionais prejudica no atendimento à população", disse, destacando que também que a contratação temporária reduz consideravelmente os gastos com horas extras e também tiram a sobrecarga de trabalho dos profissionais da saúde".


Fonte: Portal do Cidadão



Relacionados

Astorga | 14-08-2019 20:38

Informe semanal confirma mais uma morte por gripe no Estado

Informe semanal confirma mais uma morte por gripe no Estado

Londrina | 14-08-2019 18:23

PAI passa pela primeira reforma após 20 anos da inauguração

PAI passa pela primeira reforma após 20 anos da inauguração

Cascavel | 14-08-2019 16:33

Ambulatório de Procedimentos Urológicos é a novidade de agosto no CAE

Ambulatório de Procedimentos Urológicos é a novidade de agosto no CAE

Curitiba | 14-08-2019 11:28

Operação Mustela já resultou em denúncias de 43 pessoas

Operação Mustela já resultou em denúncias de 43 pessoas

PUBLICIDADE