Secretaria de Saúde muda protocolo e pode ampliar atendimento para dengue

Redação Tarobá News
Ciência e saúde | Publicado em 17/01/2020 às 18:49

Novo protocolo de atendimento, ampliação de horário nas unidades básicas e menos burocracia nos exames. Essas são algumas das ações que a Secretaria de Saúde de Londrina deve implementar para conter o avanço da dengue.

As coordenadoras dos postos de saúde se reuniram em um auditório e passaram por uma atualização no combate à dengue. Com as chances de Londrina enfrentar mais uma epidemia, a pior da história, a Secretaria de Saúde vai mudar o protocolo de atendimento nas unidades básicas para tentar frear o avanço do mosquito transmissor.

O último balanço apontou que a cidade está com mais do que o dobro de casos suspeitos da doença na comparação deste ano com 2019 nas duas primeiras semanas de janeiro. Até o momento, seis foram confirmados, além de duas mortes que podem ter sido provocados pela dengue. De acordo com a Diretora de Vigilância em Saúde, a lista não para de crescer.

As regiões leste e norte são as que, de acordo com o balanço, apresentam maior presença da dengue. A Secretaria não descarta a possibilidade dessa situação ser ampliada para outros locais com a divulgação do levantamento de infestação na próxima quarta-feira. 

Enquanto isso, outras alternativas estão sendo pensadas, como a ampliação do horário de atendimento de alguns postos.  Para agilizar os diagnósticos, a burocracia também será eliminada. 

Reportagem: Rafael Machado



Relacionados

Cascavel | 24-02-2020 13:07

Prefeitura de Nova Aurora realiza mutirão de combate à dengue

Prefeitura de Nova Aurora realiza mutirão de combate à dengue

Barbosa Ferraz | 24-02-2020 08:37

Saúde reforça equipe para combate à dengue em Barbosa Ferraz

Saúde reforça equipe para combate à dengue em Barbosa Ferraz

Toledo | 24-02-2020 08:22

Prefeitura de Toledo rebate denúncias sobre o Mini Hospital

Prefeitura de Toledo rebate denúncias sobre o Mini Hospital

Cascavel | 24-02-2020 08:00

Moradores reclamam da demora no atendimento da Upa Brasília

Moradores reclamam da demora no atendimento da Upa Brasília