Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Super Muffato apoia campanha de conscientização sobre o autismo

02/04/21 às 09:10 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

“Quando nos conscientizamos as peças se encaixam!” Com esta mensagem, em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo (2 de abril), o Super Muffato integra uma campanha realizada em Londrina, PR, a qual propõe discutir com a sociedade os direitos e a inclusão da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Sensível à causa, o Grupo traz o laço símbolo do autismo nas placas que sinalizam os caixas de atendimentos preferenciais nos supermercados e nos atacarejos. Neste ano, em conjunto com outras empresas locais e regionais, o Super Muffato fará parte de ações do “Abril Azul”, com abordagens sobre o TEA junto à comunidade, também em informativos publicitários e materiais de apoio como camisetas, banners, outdoors, dentre outros. Para Regina Pereira, gerente geral de marketing do Grupo Muffato, propor uma interação como esta, tão relevante, tem como objetivo despertar a empatia e um olhar mais atento para a pessoa com TEA. 

Dados do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que a cada 360 crianças brasileiras, uma é autista. No mundo, estima-se que uma em cada 160 tem TEA. “Incluir é a melhor maneira de ajudarmos quem tem TEA e, ainda, de acolher seus familiares. Para isso, é muito importante o engajamento de instituições, empresas e da comunidade, dando foco à questão. Como bem pontua o lema deste público: “é apenas uma maneira diferente de ver o mundo, com um jeito único de ser”. Nosso papel é ajudar a promover um olhar mais atento para quem tem o transtorno e para suas famílias”, encoraja Regina.

Leia mais:

Imagem de destaque
SECRETARIA DE SAÚDE

Operação Dias Quentes atendeu 111 pessoas em 33 pontos de Londrina

Imagem de destaque
SEC. DA SAÚDE ALERTA

Por conta das temperaturas elevadas, Sesa orienta cuidados à população

Imagem de destaque
SESA ALERTA

Altas temperaturas podem favorecer uma nova epidemia de dengue

Imagem de destaque
CONFIRA

Unidade Básica de Saúde do Guanabara fecha, nos próximos meses, para reformas

Sobre o autismo: a primeira “correção” a ser feita, na forma como muitas pessoas compreendem a questão, é que o autismo não é uma doença. Trata-se de um transtorno de desenvolvimento - uma condição de saúde caracterizada, em sua maioria, pelo déficit no comportamento, na comunicação e na interação social. Também não há um tipo de autismo, apenas, mas subtipos que se manifestam de maneiras diferentes e únicas em cada pessoa. 

Laço símbolo: utilizado pela primeira vez em 1963, o logotipo foi popularizado pela entidade norte americana Autism Speaks. A cor azul representa a maior incidência de casos no sexo masculino. Já o quebra-cabeça, simboliza a complexidade do autismo. As cores diferentes, representam a diversidade de pessoas e famílias que convivem com o transtorno, também as várias formas de tratamentos. Nos anos 2020 e 2021, movimentos brasileiros que investem na conscientização do TEA adotaram o tema: “Respeito para todo o espectro”, incentivando apoiadores a utilizarem a hashtag #respectro nas redes sociais.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá