Auxílio emergencial: morador relata não conseguir receber segunda parcela do benefício

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 29/05/2020 às 13:12

Um telespectador que não quis se identificar procurou a TV Tarobá para fazer uma reclamação. Ele fez o cadastro para receber o auxílio emergencial, chegou a receber a primeira parcela, mas o pagamento da segunda parcela do benefício foi negado.

Segundo essa pessoa que não quis se identificar, o cadastro para receber o auxílio emergencial foi feito no dia 20 de abril. Oito dias depois, ele recebe a primeira parcela de R$ 600. Mas quando foi receber a segunda parcela, teve uma surpresa.

O problema apontado pelo telespectador é um dos motivos de contestação. O beneficiário pode contestar o cadastro em caso de vínculo empregatício. Se teve óbito de membro da família. Ou se já recebe outro benefício como seguro desemprego, seguro defesa ou INSS.

Para fazer esse procedimento é preciso abrir o aplicativo do celular ou acessar pelo computador no item nova solicitação e contestação. Selecionar a opção “acompanhe a sua solicitação pelo celular”. Informar os dados cadastrais e apresentar os motivos da não aprovação do cadastro. Se o beneficiário discordar é preciso reabrir uma nova solicitação.

Por meio de nota a Caixa Econômica Federal informou que só compete ao órgão o pagamento do benefício. Caso quem for sacar tenha um problema como esse, é preciso entrar no site ou usar o aplicativo da CEF, como Luciano explicou na reportagem para fazer a contestação.

Reportagem Luciano Neves



Relacionados

Londrina | 10-07-2020 22:01

Bloco Bafo Quente fará live com ação solidária para ajudar artistas

Bloco Bafo Quente fará live com ação solidária para ajudar artistas

Cascavel | 10-07-2020 20:12

Motociclista atropela criança de nove anos em Cascavel

Motociclista atropela criança de nove anos em Cascavel

Londrina | 10-07-2020 17:55

Projeto de Lei formaliza a Central de Vagas da Educação Infantil

Projeto de Lei formaliza a Central de Vagas da Educação Infantil

Cascavel | 10-07-2020 17:42

Paranhos recorre à Justiça para reconhecimento de autonomia para reabertura do comércio

Paranhos recorre à Justiça para reconhecimento de autonomia para reabertura do comércio