Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Avaliação técnica aponta que Lago Municipal não pode passar por desassoreamento

30/12/19 às 19:48 - Escrito por Redação Tarobá News

Uma avaliação técnica da Sanepar sugeriu que o desassoreamento do Lago Municipal de Cascavel não pode acontecer agora. As obras poderiam comprometer o abastecimento.

Até o momento, ainda não houve um consenso sobre quem deve fazer o desassoreamento do Lago nem sobre como as obras vão realmente acontecer. Mas uma informação é confirmada: a retirada do lodo só deve acontecer a partir de julho de 2020.

Estudos feitos pelo Instituto das Águas comprovaram o assoreamento. O leito está coberto de sedimentos que diminuem a capacidade de armazenamento do grande reservatório.

São as obras de captação do Rio São José, que fica no distrito de São Salvador. A captação do rio deve aumentar a capacidade de produção de água tratada em 25%, mas só daqui sete meses.

A indicação técnica sobre o não desassoreamento do lago por enquanto foi encaminhada pela Sanepar à Prefeitura no último dia 19. O município e a cia de saneamento tem dialogado sobre a execução das obras.

Veja a nota: 

Embora a Sanepar tenha informado que não há consenso sobre a realização do desassoreamento, a Secretaria de Meio Ambiente informou por telefone que é a companhia de saneamento que deve executar as obras, fazendo a conversão de multas ambientais. Uma liberação do iap ainda é necessária pra isso.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá