Linha 4

Publicidade

Família acolhedora: cerca de 200 famílias estão inscritas o programa

Redação Tarobá News

O programa Família Acolhedora de Cascavel tem se tornado referência por conta do trabalho de acolhimento de crianças e adolescentes que precisam sair do ambiente da família biológica. Por determinação do poder judiciário, elas são encaminhadas para lares que ajudam formar cidadãos felizes e com autonomia, mesmo quando a infância e a adolescência foram marcadas por algum tipo de violência.

Esta é a sede do programa Família Acolhedora. Fico na Rua Porto Alegre, no bairro Pioneiros Catarinense. O programa existe de 2006 e nesse período já ajudou a reestruturar a vida de centenas de crianças e adolescentes. Só a família do Gilmar já colaborou com a formação de 6 pessoas. 4 que já se tornaram adultos e dois que moram com ele atualmente numa convivência harmônica e construtiva.

A Edimara coordena toda uma equipe que acompanha as famílias do início ao fim do processo. O mais importante é sempre compreender que, por mais afeto que se crie, o acolhimento não é uma adoção. Gilmar entende bem isso e criou uma ótima relação mesmo com aqueles que já não moram mais com ele, mas permanecem nas lembranças saudáveis espalhadas pela casa.

Para participar, é preciso atender uma série de critérios.

Reportagem Marcele Antonio

COMENTÁRIOS

Publicidade