MP pede punição à influenciadora que promoveu pânico na internet

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 26/03/2020 às 14:39

O Ministério Público tem tido uma atuação de prevenção às situações de risco. O órgão instaurou um termo circunstanciado na Justiça Criminal da cidade contra a conduta dessa influenciadora digital. 

Ela teria usado a internet para causar alarde,, pânico e temor por meio da publicação de vídeos e comentários que tiveram um grande número de visualizações. Esses posts,, segundo o ministério público, infringiram a lei de contravenções penais. 

Como retratação, o MP solicita que a influenciadora publique vídeos educativos sobre a covid-19 durante todo o período de pandemia. Além disso, ela deve pagar um salário mínimo. 





Relacionados

Cascavel | 03-04-2020 17:46

Trabalhador fica gravemente ferido ao ser atingido por muro em loteamento na BR 227

Trabalhador fica gravemente ferido ao ser atingido por muro em loteamento na BR 227

Londrina | 03-04-2020 17:42

Prefeito prorroga fechamento do comércio e indústria em Londrina

Prefeito prorroga fechamento do comércio e indústria em Londrina

Cascavel | 03-04-2020 17:03

Cascavel registra mais 9 casos de coronavírus e totaliza 25

Cascavel registra mais 9 casos de coronavírus e totaliza 25

Cascavel | 03-04-2020 16:35

Call Center amplia atendimento para orientações às pessoas que apresentam sintomas para a Dengue

Call Center amplia atendimento para orientações às pessoas que apresentam sintomas para a Dengue