MP pede punição à influenciadora que promoveu pânico na internet

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 26/03/2020 às 14:39

O Ministério Público tem tido uma atuação de prevenção às situações de risco. O órgão instaurou um termo circunstanciado na Justiça Criminal da cidade contra a conduta dessa influenciadora digital. 

Ela teria usado a internet para causar alarde,, pânico e temor por meio da publicação de vídeos e comentários que tiveram um grande número de visualizações. Esses posts,, segundo o ministério público, infringiram a lei de contravenções penais. 

Como retratação, o MP solicita que a influenciadora publique vídeos educativos sobre a covid-19 durante todo o período de pandemia. Além disso, ela deve pagar um salário mínimo. 





Relacionados

Cascavel | 30-03-2020 18:26

Covid-19: médico do Consamu é confirmado com vírus

Covid-19: médico do Consamu é confirmado com vírus

Cascavel | 30-03-2020 18:03

Cascavel chega a 10 casos confirmados de coronavírus

Cascavel chega a 10 casos confirmados de coronavírus

Cascavel | 30-03-2020 17:47

Amop muda orientação e comércio deve continuar fechado

Amop muda orientação e comércio deve continuar fechado

Cascavel | 30-03-2020 17:39

Com 14 mil doses, vacinação contra gripe será retomada nesta terça-feira

Com 14 mil doses, vacinação contra gripe será retomada nesta terça-feira