Prefeito revela em audiência pública que Toledo não terá show de aniversário e fogos de réveillon em 2020

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 28/05/2020 às 17:49

Foto: Divulgação

Em Audiência Pública de Prestação das Contas da Prefeitura no Primeiro Quadrimestre de 2020, realizada na tarde desta quarta-feira (27), na Câmara de Vereadores, o prefeito do município de Toledo, Lucio de Marchi (PP), informou que o show de aniversário da cidade em 14 de dezembro e o show pirotécnico do réveillon não deverão ser realizados no ano de 2020.

A ideia é diminuir os custos das duas comemorações e investir o montante que seria empregado nesses eventos em empréstimos junto a Sociedade Garantidora de Crédito do Oeste (Garantioeste), para as empresas do município que estão passando por dificuldades econômicas por conta da pandemia mundial do novo Coronavírus (Covid-19).

“Nós estamos vivendo uma situação inédita no mundo, da qual nunca sonhamos passar. Estamos lutando contra um inimigo invisível, que com toda a certeza irá nos causar inúmeros problemas de saúde pública e também no que se refere a economia. Por isso vamos direcionar a verba dos fogos do réveillon e do show de aniversário para contribuir com a saúde financeira de nossas empresas, disponibilizando a verba que seria utilizada nos dois eventos em empréstimos junto a Garantioeste”, revelou o prefeito.

O secretário da Fazenda, Balnei Rotta, salientou que outros cortes também poderão ser feitos para poder ajudar as empresas locais. “Estamos estudando outros locais e eventos em que os cortes poderão ser feitos para poder empregar um montante ainda maior nas nossas empresas. O objetivo é atender todos os pequenos empresários do município, para que eles não fechem as portas e continuem fazendo a economia girar, gerando empregos para a população toledana”, esclareceu o secretário.

Linhas de crédito

No dia 28 de março a Prefeitura anunciou que irá disponibilizar linhas de crédito para pequenas empresas junto a Garantioeste. A iniciativa prevê a viabilização de empréstimos de até R$ 25 mil por empresa para a utilização em capital de giro.

O prefeito, Lucio de Marchi, destacou que esse recurso pode dar fôlego, assim como garantir a sobrevivência de várias empresas toledanas. “Nós estamos passando por um momento de crise e esse recurso poderá dar um respiro para os nossos empresários, principalmente aliviando as suas contas e sanando as dificuldades para quitar as folhas de pagamento”, ponderou o gestor municipal.

Os empresários terão um período de 24 meses para quitar os empréstimos e os juros deverão estar abaixo de 1% ao mês. A Garantioeste já disponibilizou aos empresários locais um montante de R$ 600 mil. 

No início do mês de abril a Prefeitura encaminhou à Câmara dos Vereadores um projeto, que prevê a liberação de mais R$ 1,5 milhão em operações de crédito. Após a aprovação deste segundo montante serão R$ 2,1 milhões, que beneficiarão os empresários de Toledo.

O processo para a liberação do valor de R$ 1,5 milhão continua tramitando na Câmara de Vereadores e deve entrar em votação nas próximas sessões.

Toledo News



Relacionados

Londrina | 10-07-2020 17:55

Projeto de Lei formaliza a Central de Vagas da Educação Infantil

Projeto de Lei formaliza a Central de Vagas da Educação Infantil

Cascavel | 10-07-2020 17:42

Paranhos recorre à Justiça para reconhecimento de autonomia para reabertura do comércio

Paranhos recorre à Justiça para reconhecimento de autonomia para reabertura do comércio

Cascavel | 10-07-2020 16:04

Rapaz fica ferido ao cair de 3 metros de altura no Country

Rapaz fica ferido ao cair de 3 metros de altura no Country

Cascavel | 10-07-2020 15:31

Fundetec gradua empresa Japan Solar, pioneira na utilização do grafeno

Fundetec gradua empresa Japan Solar, pioneira na utilização do grafeno