Prefeitura deve prorrogar contrato com empresas do transporte coletivo

Murilo Pajolla
Cotidiano | Publicado em 12/07/2019 às 15:10

A prefeitura de Londrina deve prorrogar os contratos emergenciais com a Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL) e a Londrisul. O novo prazo deve ir até o início dos novos contratos de concessão.

A CMTU não conseguiu concluir o processo licitatório porque o Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) suspendeu a licitação. Com a suspensão, CMTU teve que fazer um novo edital, adequado às exigências do TCE. 

A prorrogação dos contratos seria necessária para que os serviços não fossem paralisados. Não haverá tempo hábil para que a licitação vigente escolha as empresas vencedoras antes do fim de julho, quando termina o contrato emergencial atual. 

A TCGL havia anunciado a desistência de participar de novas licitações, mas mudou de ideia após o preço máximo da tarifa passar de R$ 3,99 para R$ 4,30 no novo edital. 

Com TV Tarobá 



Relacionados

Cascavel | 19-07-2019 11:23

Política & Cia: Festa de grupo do Zap junta Edgar e Pacheco

Política & Cia: Festa de grupo do Zap junta Edgar e Pacheco

Cascavel | 19-07-2019 09:27

Prefeitura estuda formas de administrar o novo Hospital Municipal

Prefeitura estuda formas de administrar o novo Hospital Municipal

Cascavel | 19-07-2019 08:48

Confira a previsão do tempo dessa sexta-feira

Confira a previsão do tempo dessa sexta-feira

Cascavel | 18-07-2019 21:00

Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania é inaugurado

Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania é inaugurado

PUBLICIDADE