Sala do Empreendedor de Londrina oferece atendimento especial para Declaração Anual

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 12/02/2019 às 11:25

A partir de segunda-feira (11), a Sala do Empreendedor de Londrina, em parceria com o Sebrae/PR, terá atendimentos especiais direcionados ao Microempreendedor Individual (MEI), com foco na Declaração Anual ao Simples Nacional (DASN), referente ao exercício de 2018. A atividades integram a Semana DASN, que será promovida até o dia 22 de fevereiro. A iniciativa é desenvolvida, concomitantemente, em 150 municípios paranaenses.

Neste período, consultores do Sebrae/PR estarão à disposição para dar orientações e tirar as dúvidas do público referentes à DASN na Sala do Empreendedor, cuja sede fica no piso térreo da sede da Prefeitura. O endereço é Avenida Duque de Caxias, 635. Os atendimentos são feitos de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas.

A iniciativa proporciona atendimentos individualizados, de até uma hora, com foco na Declaração Anual, que neste ano deve ser feita até o dia 31 de maio. Também haverá consultorias específicas com dois temas: Finanças (nos dias 11, 15 e 20) e Marketing (13, 18 e 22). Para todas as atividades, as vagas são limitadas e os interessados podem agendar seus horários e verificar a disponibilidade pelo telefone 3372-4108.

Outra prática está programada para o dia 18 de fevereiro, das 14 às 17 horas, quando ocorre a palestra “Planeja Fácil”, também ministrada por um consultor do Sebrae/PR. A intenção é ajudar, com dicas rápidas e práticas, os microempreendedores a aprimorarem suas estratégias de trabalho.

A declaração anual é obrigatória e o documento é indispensável para que o MEI continue com o seu negócio regularizado junto à Receita Federal e mantenha em dia seus benefícios previdenciários, que incluem auxílio-doença, salário-maternidade, aposentadorias por idade e invalidez, pensão por morte, entre outros.

As declarações podem ser feitas presencialmente, na Sala do Empreendedor, ou pelo site www.portaldoempreendedor.gov.br .

A gerente da Sala do Empreendedor de Londrina, Nilceia de Fátima Vertuan, frisou que a declaração anual pode ser feita gratuitamente, bastando o empreendedor apresentar o faturamento bruto do ano de 2018 e informando se existem funcionários registrados. “A declaração permite que os MEIs tenham direito a todos os benefícios previstos em lei para os cadastrados que estão com sua situação regular. Outro ponto importante é que a entrega da DASN feita fora do prazo gera pagamento de juros e multa, ou até o cancelamento de benefícios. Além disso, fica inviabilizada a impressão de novos boletos de pagamento”, afirmou.

O MEI que não estiver com seu negócio regularizado junto à Receita Federal corre o risco de perder benefícios como cobertura previdenciária, isenção de taxas para o registro da empresa e acesso a crédito bancário.

(Informações N.Com)



Relacionados

Cascavel | 20-02-2019 20:42

Movimento na Vale Sim foi intenso nesta terça-feira

Movimento na Vale Sim foi intenso nesta terça-feira

Cascavel | 20-02-2019 20:39

Edital para conselheiros tutelares gera questionamento de candidatos

Edital para conselheiros tutelares gera questionamento de candidatos

Londrina | 20-02-2019 18:27

Alunos são retirados das salas de aula após alagamento em escola na zona sul de Londrina

Alunos são retirados das salas de aula após alagamento em escola na zona sul de Londrina

Cascavel | 20-02-2019 17:35

Polícia Civil declara que pais não registraram desaparecimento de bebê no HU

Polícia Civil declara que pais não registraram desaparecimento de bebê no HU

PUBLICIDADE