Setor de endemias alerta para presença de animais peçonhentos no calor

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 11/02/2019 às 07:10

Até agora teve um registro de picada escorpião em 2019. No ano passado inteiro, foram 16, quanto às picadas de Aranha Marrom, foram 21 casos em 2018, e um em 2019. Neste ano, também houve 2 registros de picadas de cobra, e no passado foram 15. 

Segundo o Controle de Endemias de Cascavel, os números não demonstram muitas mudanças de um ano para outro, mas houve o surgimento de casos em bairros novos.

Um dos fatores que estimulam o surgimento dos animais peçonhentos é a falta de limpeza nos lotes baldios. Segundo o médico veterinário, os terrenos ficam longos períodos sem qualquer tipo de trabalho de roçada, o que possibilita a criação dos animais. Quando o terreno é roçado, eles fogem daqui e vão pra dentro de casa.

O setor de endemias tem feito um trabalho nos bairros pra evitar a propagação dos animais.



Relacionados

Londrina | 19-02-2019 16:37

'Cratera' atrapalha vida de moradores da zona norte de Londrina

'Cratera' atrapalha vida de moradores da zona norte de Londrina

Umuarama | 19-02-2019 16:19

Pai e filho são presos juntos pela Polícia Militar em Umuarama

Pai e filho são presos juntos pela Polícia Militar em Umuarama

Cascavel | 19-02-2019 15:07

Técnicos explicam a vereadores proposta de ISS fixo para contadores

Técnicos explicam a vereadores proposta de ISS fixo para contadores

Cascavel | 19-02-2019 14:55

Vale Sim recebe fluxo intenso de pessoas para cadastro

Vale Sim recebe fluxo intenso de pessoas para cadastro

PUBLICIDADE