Velório é interrompido e família chama o IML para retirar corpo

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 11/09/2019 às 08:21

Foto: Ilustrativa/Danilo Verpa/Folhapress

Nesta segunda-feira (9), um velório foi interrompido e o Instituto Médico Legal foi chamado para recolher o corpo que estava sendo velado. 

De acordo com informações da Polícia Civil de Jandaia do Sul, o idoso, de 79 anos, morreu no domingo (8). Enquanto era velado nesta segunda, familiares decidiram chamar a polícia por causa de ferimentos que o homem tinha no corpo.  

Segundo o hospital em que o homem estava internado quando morreu, em Apucarana, ele tinha caído de uma cama e, por isso, se feriu. No entanto, a família não convencida com a versão dada pelo hospital e acionou a polícia para investigar a situação, com suspeita de negligência. 

O IML de Apucarana, então, precisou recolher o corpo, que vai passar por necropsia. Agora, a polícia aguarda a conclusão do laudo do IML para instaurar um inquérito.


Fonte: GM Online



Relacionados

Cascavel | 15-09-2019 10:14

Confira os ganhadores do Proeste

Confira os ganhadores do Proeste

Maringá | 14-09-2019 20:00

Capotamento de quadriciclo deixa condutor ferido em Maringá

Capotamento de quadriciclo deixa condutor ferido em Maringá

Cascavel | 14-09-2019 19:32

MP pede intervenção estadual no Hospital Nossa Senhora da Salete

MP pede intervenção estadual no Hospital Nossa Senhora da Salete

Cascavel | 14-09-2019 18:36

Princípio de incêndio mobiliza Siate

Princípio de incêndio mobiliza Siate

PUBLICIDADE