Anfavea não vê cancelamento de investimentos, mas reavaliação da velocidade

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 13/06/2017 às 17:05

Foto: Divulgação

O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Antonio Megale, afirmou ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que a crise política não tem resultado em cancelamentos de investimentos do setor, mas que as montadoras estão "reavaliando a velocidade" dos aportes. "Os planos das montadoras estão mantidos, mas, em vez de se fazer agora, estão deixando para daqui 3 meses, por exemplo, parando para pensar um pouco", disse, no intervalo de evento promovido pela Anfavea na capital paulista.

No consumo de veículos, Megale disse que a crise, pelo menos por enquanto, ainda não se traduziu em resultados mais fracos, uma vez que muitos emplacamentos só são confirmados semanas depois do fechamento do negócio, mas admitiu que, nas concessionárias, o fluxo de pessoas tem diminuído.



Relacionados

Economia | 23-05-2018 21:40

Abear avisa que greve vai afetar voos por falta de combustível

Abear avisa que greve vai afetar voos por falta de combustível

Economia | 23-05-2018 21:35

Greve continua ao menos até amanhã, diz presidente de sindicato do DF

Greve continua ao menos até amanhã, diz presidente de sindicato do DF

Economia | 23-05-2018 21:35

Trump instrui Departamento do Comércio a investigar veículos importados

Trump instrui Departamento do Comércio a investigar veículos importados

Economia | 23-05-2018 21:25

Orlando Silva propõe zerar PIS-Cofins do diesel em seu relatório da reoneração

Orlando Silva propõe zerar PIS-Cofins do diesel em seu relatório da reoneração