Economia

Economia

Bolsas de NY renovam recordes, estimuladas por balanços e petróleo


Os principais índices acionários de Nova York fecharam em alta nesta terça-feira, 25, impulsionados por balanços corporativos e pela valorização do petróleo. O último ajudou as empresas ligadas a energia a terem desempenho positivo.

Ao final da sessão, o índice Dow Jones fechou em alta de 0,47%, aos 21.613,43 pontos, enquanto o Nasdaq e o S&P 500, mais uma vez, bateram recordes de pontuação. Nasdaq avançou 0,02%, para 6.412,17 pontos, e S&P 500 ganhou 0,29%, para 2.477,08 pontos.

De acordo com analistas, os balanços financeiros devem orientar a maior parte dos movimentos nas bolsas, com 40% das empresas listadas no S&P 500 divulgando seus resultados até sexta-feira. Para os investidores, números consistentes devem ajudar os índices a manter o sinal de alta.

"Estamos vendo outras partes do mundo registrando crescimento pela primeira vez em muitos anos", afirmou Ron Sanchez, diretor de investimentos na Fiduciary Trust. "O cenário global é muito positivo para as bolsas."

No Dow Jones, a valorização dos papéis da Caterpillar, do McDonald's e da DuPont estimularam o índice, enquanto a queda da 3M e da United Technologies fez contrapeso.

Já as empresas ligadas a energia se aproveitaram da significativa alta do petróleo nesta terça-feira e receberam um impulso. Hoje, o barril do tipo Brent para setembro negociado na Intercontinental Exchange (ICE) fechou acima dos US$ 50. Fonte: Dow Jones Newswires


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina