Caffarelli aprova regulação de acordos de leniência firmados pelo BC e CVM

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 08/06/2017 às 14:20

Foto: Reprodução

O presidente do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli, afirmou que é importante que empresas envolvidas em acordos de leniência possam ter uma decisão definitiva e, assim, voltarem a operar normalmente. Nesta quinta-feira, 8, foi publicada Medida Provisória que regula acordos de leniência firmados pelo Banco Central e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

"Empresas que tiveram de passar por acordo de leniência possam resolver isso de forma definitiva justamente para poderem voltar para o jogo. Um exemplo é a necessidade de as empresas brasileiras da área da construção pesada virem para os processos de infraestrutura que o País terá. É justamente importante ter um tempo de resposta como acontece em outros países, de uma forma decisiva e rápida", avaliou Caffarelli, após palestrar no CIAB, congresso de tecnologia bancária, promovido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), sem fazer menção a bancos.

Venda de ativos

Sobre o processo de venda de ativos, o presidente do BB reafirmou que a estratégia do banco é se desfazer de ativos que não são core business da instituição. Ele destacou ainda que, se houver uma oportunidade interessante, o banco pode vender sua participação na Neonergia, que anunciou hoje negócio com a Elektro.

Caffarelli disse que a nova crise política não impactou a concessão de créditos novos e que o desempenho de junho já sinaliza um segundo semestre melhor sob o ponto de vista dos desembolsos. "Com o agronegócio e melhora da confiança, poderemos ter um segundo semestre bastante significativo. Desembolsos mais em pessoas físicas, seguidas pelas jurídicas, mas já podemos afirmar que os desembolsos vêm melhorando", afirmou o executivo, acrescentando que a influência nas últimas semanas, após as delações da JBS, foi "zero".



Relacionados

Economia | 05-10-2018 18:55

Ibovespa tem nova correção antes da eleição e cai 0,76%

Ibovespa tem nova correção antes da eleição e cai 0,76%

Economia | 05-10-2018 18:25

Dólar cai para R$ 3,8560 e tem maior queda semanal desde março de 2016

Dólar cai para R$ 3,8560 e tem maior queda semanal desde março de 2016

Economia | 05-10-2018 17:16

Ações da fabricante de armas Taurus subiram mais de 100% em 60 dias

Ações da fabricante de armas Taurus subiram mais de 100% em 60 dias

Economia | 05-10-2018 16:04

Construtora investigada na Lava Jato ganha licitação milionária para pavimentação de rodovia no Paraná

Construtora investigada na Lava Jato ganha licitação milionária para pavimentação de rodovia no Paraná

PUBLICIDADE