Economia

Economia

Dólar oscila perto da estabilidade antes de decisão do Fed


Dólar oscila perto da estabilidade antes de decisão do Fed

Após um viés de baixa nos primeiros negócios, o dólar passou a subir levemente e, há pouco, operava sem direção única, perto da estabilidade, refletindo ajustes em relação ao fechamento anterior. Às 9h28 desta quarta-feira, 26, o dólar à vista subia 0,05%, aos R$ 3,1707, após fechar na véspera aos R$ 3,1690, enquanto o dólar para agosto caía 0,13%, aos R$ 3,1715, ante R$ 3,1755 no fim da sessão ontem.

Segundo o operador da corretora H.Commcor Cleber Alessie Machado Neto, o desempenho quase lateral da moeda americana reflete um compasso de espera pela decisão de juros do Fed, à tarde, e a leve alta do dólar Index na manhã desta quarta no exterior. "O avanço do dólar ante o real, dos R$ 3,11 na sexta-feira passada (21) para o nível de R$ 3,17 nesta quarta reflete ajustes de posições, após fortes quedas da divisa dos EUA ante moedas emergentes e desenvolvidas nas últimas semanas", avalia.

O diretor da Wagner Investimentos, José Faria Júnior, diz que o dólar costuma subir antes de decisões do Fed e que a percepção de pode sair uma reforma na saúde dos EUA menor que a desejada também está no radar dos investidores.

Aqui, há expectativas sobre a decisão da Justiça em relação à liminar contra o reajuste de alíquotas de combustíveis e, depois de três altas seguidas, o mercado espera o Fed e aguarda desdobramentos sobre o revés do Obamacare no Senado ontem.

Para o diretor da corretora Correparti, Jefferson Rugik, a leve alta à vista está acompanhando o exterior, onde algumas moedas commodities ganham levemente do dólar. Às 9h43 desta quarta-feira, o dólar à vista subia 0,09%, a R$ 3,1717. O dólar para agosto caía 0,08%, aos R$ 3,1735.


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina