Economia

Economia

Dow Jones ultrapassa marca dos 22 mil pontos, impulsionado por Apple


Dow Jones ultrapassa marca dos 22 mil pontos, impulsionado por Apple
Foto: divulgação

Os mercados acionários americanos fecharam sem direção única nesta quarta-feira, 2, com o índice Dow Jones superando, pela primeira vez, a marca psicológica dos 22 mil pontos, impulsionado, principalmente pelas ações da Apple.

O Dow Jones fechou em alta de 0,24%, aos 22.016,24 pontos; o índice S&P 500 avançou 0,05%, aos 2.477,57 pontos; e o Nasdaq fechou estável, aos 6.362,65 pontos.

Lucro e receita acima das expectativas de analistas fizeram com que a Apple saltasse 4,73% nesta quarta-feira, após a divulgação do balanço do terceiro trimestre fiscal, divulgado após o fechamento dos mercados na terça-feira, 1. O impulso da gigante, no entanto, não conseguiu impulsionar outras ações de tecnologia, que sofreram um movimento de realização de lucros, como Microsoft (-0,44%), Twitter (-0,86%), Facebook (-0,36%) e Netflix (-0,71%).

A melhora na saúde corporativa manteve os mercados acionários subindo, mesmo enquanto analistas céticos têm advertido de que as ações estão ficando caras e as políticas do governo Trump, como cortes de impostos, provavelmente não são iminentes. "A mudança nas expectativas em relação à eleição foi mascarada por ganhos melhores que o esperado", disse Kate Warne, estrategista de investimentos da corretora de varejo Edward Jones.

As empresas de tecnologia forneceram novos recordes aos índices acionários americanos neste ano, atraindo investidores devido à capacidade de crescimento durante o período de expansão econômica nos EUA. No S&P 500, o subíndice de tecnologia cresceu 23% neste ano, sendo o melhor desempenho entre todos os setores do índice. Fonte: Dow Jones Newswires


Selecione sua cidade

Cascavel | Londrina