Equador abandona esforço liderado pela Opep para cortar produção de petróleo

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 18/07/2017 às 12:30

Foto: Portal Marítimo

Um dos menores produtores entre os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), o Equador anunciou que não consegue cumprir o acordo liderado pelo cartel para reduzir a oferta e apoiar os preços da commodity. O anúncio foi feito pelo ministro do Petróleo, Carlos Pérez, em entrevista no fim da segunda-feira à emissora privada de televisão Teleamazonas.

No âmbito do acordo da Opep, o país havia concordado em reduzir sua produção em 26 mil barris por dia. "Infelizmente, estamos no nível de cerca de 16 mil barris por dia de corte, nós não estamos cumprindo a cota por causa das necessidades que nosso país tem", afirmou o ministro. Fonte: Dow Jones Newswires.



Relacionados

Economia | 30-11-2018 17:15

Juros longos fecham em queda, refletindo bom humor externo

Juros longos fecham em queda, refletindo bom humor externo

Economia | 30-11-2018 16:10

Vendas em supermercados crescem 1,58% em outubro

Vendas em supermercados crescem 1,58% em outubro

Economia | 30-11-2018 15:55

Aneel anuncia bandeira tarifária verde para consumo em dezembro

Aneel anuncia bandeira tarifária verde para consumo em dezembro

Economia | 30-11-2018 15:50

Bolsonaro, sobre Previdência: 'Não podemos salvar o Brasil matando idoso'

Bolsonaro, sobre Previdência: 'Não podemos salvar o Brasil matando idoso'