Equador abandona esforço liderado pela Opep para cortar produção de petróleo

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 18/07/2017 às 12:30

Foto: Portal Marítimo

Um dos menores produtores entre os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), o Equador anunciou que não consegue cumprir o acordo liderado pelo cartel para reduzir a oferta e apoiar os preços da commodity. O anúncio foi feito pelo ministro do Petróleo, Carlos Pérez, em entrevista no fim da segunda-feira à emissora privada de televisão Teleamazonas.

No âmbito do acordo da Opep, o país havia concordado em reduzir sua produção em 26 mil barris por dia. "Infelizmente, estamos no nível de cerca de 16 mil barris por dia de corte, nós não estamos cumprindo a cota por causa das necessidades que nosso país tem", afirmou o ministro. Fonte: Dow Jones Newswires.



Relacionados

Economia | 22-06-2018 13:21

A Seleção joga, mas o comércio não para

A Seleção joga, mas o comércio não para

Economia | 22-06-2018 11:43

Governo reajusta preços mínimos das culturas de verão

Governo reajusta preços mínimos das culturas de verão

Economia | 22-06-2018 11:41

Agropecuária puxa geração de empregos formais em maio

Agropecuária puxa geração de empregos formais em maio

Economia | 22-06-2018 11:40

Se UE não remover barreiras, vamos impor tarifa de 20% sobre carros, diz Trump

Se UE não remover barreiras, vamos impor tarifa de 20% sobre carros, diz Trump