Estado arrecada R$ 5,1 milhões com venda de imóveis ociosos

Redação Tarobá News
Economia | Publicado em 06/12/2019 às 17:23

A primeira licitação para a venda de imóveis públicos ociosos ou sem destinação promovida pelo Governo do Estado arrecadou R$ 5.101.501,00. O certame desta sexta-feira (6) arrecadou 62% a mais do que o valor de referência. Dos 15 imóveis colocados à venda, os três vendidos arrecadaram mais da metade do valor total dos imóveis ofertados.

Dos imóveis vendidos, dois estão em Curitiba e um em Piraquara. A propriedade mais cara foi uma casa no bairro do Batel, em Curitiba, que tinha lance mínimo de R$ 1.279.478 e foi vendida por R$ 3,1 milhões. O segundo imóvel foi um terreno em Piraquara, que tinha lance mínimo de R$ 1,180 milhão e que foi vendido por R$ 1.250.500. A terceira venda foi do lote de número seis, um terreno no bairro de Santa Felicidade, em Curitiba, no valor de R$ 801.001 mil. O lance mínimo para o lote era de R$ 691 mil.

Para a diretora do Departamento de Patrimônio da Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, Marta Guizelini, o resultado da licitação foi bastante satisfatório. “Temos feito um grande trabalho para regularizar os imóveis e a venda dos ociosos é primordial para que o Estado se desonere, deixando de ter gastos desnecessários com manutenções e segurança, por exemplo, e invista os recursos arrecadados em áreas essenciais”, explicou.

Em 2020, o Estado deve publicar novo edital para a venda de outros imóveis sem uso no Paraná.

AEN



Relacionados

Economia | 17-01-2020 17:45

Petroleiros protestam contra fechamento da Fafen-PR

Petroleiros protestam contra fechamento da Fafen-PR

Economia | 17-01-2020 11:15

Resolução da ANP aumenta qualidade da gasolina

Resolução da ANP aumenta qualidade da gasolina

Economia | 17-01-2020 07:10

Em alta, carne e até boi vivo são alvo do crime organizado

Em alta, carne e até boi vivo são alvo do crime organizado

Economia | 17-01-2020 07:10

'Frete é paliativo; pauta é redução do preço do diesel’

'Frete é paliativo; pauta é redução do preço do diesel’

PUBLICIDADE