Etanol recua em 17 Estados e no DF, diz ANP; preço médio cai 0,80% no País

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 17/06/2019 às 11:50

Os preços médios do etanol hidratado recuaram em 17 Estados brasileiros e no Distrito Federal na semana passada, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Houve alta em oito Estados e no Amapá não foi feita avaliação.

Na média dos postos brasileiros pesquisados pela ANP houve recuo de 0,80% no preço médio do etanol na semana passada ante a anterior, de R$ 2,859 para R$ 2,836.

Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, houve recuo de 0,68% no período e a cotação média do hidratado variou de R$ 2,648 para R$ 2,630 o litro.

A maior queda semanal, de 3,70%, foi em Mato Grosso e a maior elevação, de 1,91%, foi no Tocantins.

Na comparação mensal, os preços do etanol recuaram em 21 Estados e no Distrito Federal e subiram em outras 4 Unidades da Federação. Sem avaliação na semana passada, não houve base de comparação mensal no Amapá.

Com a ajuda da queda de 11,59% nos preços do etanol no Piauí, na média brasileira o preço do biocombustível pesquisado pela ANP acumulou baixa mensal de 7,32%. A maior alta foi na Paraíba, de 3,77% no período.

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,239 o litro, em São Paulo e o menor preço médio, de R$ 2,474, foi em Mato Grosso.

O preço máximo individual de R$ 4,970 o litro, foi registrado em um posto do Pará e o Rio Grande do Sul registrou o maior preço médio, de R$ 4,148 o litro.



Relacionados

Economia | 09-12-2019 15:55

Bolsonaro diz que sancionará nos próximos dias reforma dos militares

Bolsonaro diz que sancionará nos próximos dias reforma dos militares

Cascavel | 09-12-2019 15:32

Super Muffato traz conceito gourmet para Cascavel

Super Muffato traz conceito gourmet para Cascavel

Economia | 09-12-2019 15:15

Bolsonaro sobre carne: estamos na entressafra e preço vai diminuir

Bolsonaro sobre carne: estamos na entressafra e preço vai diminuir

Economia | 09-12-2019 14:25

Carnes podem continuar subindo até fim de janeiro ou início de fevereiro, diz FGV

Carnes podem continuar subindo até fim de janeiro ou início de fevereiro, diz FGV