Grécia busca antecipar pagamentos ao FMI diante da queda dos juros dos bônus

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 15/04/2019 às 18:20

O governo grego afirmou nesta segunda-feira que dialoga com seus credores europeus para adiantar o pagamento de suas dívidas ao Fundo Monetário Internacional (FMI), já que os juros para empréstimo no mercado recuaram para mínimas desde 2005. Porta-voz do governo, Dimitris Tzanakopoulos disse que Atenas espera pagar "uma parcela significativa" do montante ainda devido de 9,6 bilhões de euros (US$ 10,9 bilhões) para o FMI antes do prazo.

O ministro grego das Finanças, Euclid Tsakalotos, e a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, se reuniram em Washington recentemente. Nesta segunda-feira, o juro do bônus de 10 anos da Grécia recuou mais, atingindo 3,28%, em níveis não vistos em 14 anos.

A Grécia precisaria do aval do fundo de resgate da zona do euro para adiantar os pagamentos ao FMI, mas graduados funcionários da agência e da Comissão Europeia já elogiaram a ideia.

O premiê grego, Alexis Tsipras, afirmou que estava determinado a poupar os gregos de mais um aumento de impostos no ano que vem, como havia sido combinado com os credores. O governo de esquerda de Tsipras enfrenta ainda eleições nacional e locais neste ano, além da disputa legislativa europeia, e planeja reforçar gastos em programas sociais com dinheiro que pode vir a ser economizado com o pagamento adiantado, disse o porta-voz. Fonte: Dow Jones Newswires.



Relacionados

Economia | 26-06-2019 15:15

Mais de 20 deputados e líderes já falaram no debate da reforma nesta quarta

Mais de 20 deputados e líderes já falaram no debate da reforma nesta quarta

Economia | 26-06-2019 11:25

Mesmo passada a recessão, 21,5 mil empresas fecharam as portas em 2017, diz IBGE

Mesmo passada a recessão, 21,5 mil empresas fecharam as portas em 2017, diz IBGE

Economia | 26-06-2019 10:25

Petrobras confirma preço por ação de R$ 30,25 em follow on, totalizando R$ 7,3 bi

Petrobras confirma preço por ação de R$ 30,25 em follow on, totalizando R$ 7,3 bi

Economia | 26-06-2019 10:05

Confiança da construção sobe 2,1 pontos em junho, para 82,8 pontos, diz FGV

Confiança da construção sobe 2,1 pontos em junho, para 82,8 pontos, diz FGV